Abolição – Rupturas e Permanências: Políticas Sociais de Inclusão e O Sistema de Cotas no Ensino Universitário

Autores

  • Marina Gusmão de Mendonça Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2008.88734

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Gusmão de Mendonça, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Bacharel em História e em Direito pela Universidade de São Paulo; Mestre e Doutora em História Econômica pela FFLCH-USP; Professora Titular de Formação Econômica do Brasil e Formação Econômica da América Latina na Faculdade de Economia e Relações Internacionais da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP); autora de Progresso e autoritarismo no Brasil: as revoltas de 1904 (Pensieri, 1992); O demolidor de presidentes (Códex, 2002); Histórias da África (LCTE, 2008); e Formação econômica do Brasil (Thomson, 2002), este último em colaboração com o Prof. Dr. Marcos Cordeiro Pires.

Downloads

Publicado

2008-12-06

Como Citar

Mendonça, M. G. de. (2008). Abolição – Rupturas e Permanências: Políticas Sociais de Inclusão e O Sistema de Cotas no Ensino Universitário. Sankofa (São Paulo), 1(2), 117-126. https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2008.88734

Edição

Seção

Ensaios & Debates