Reflexões sobre a implementação da Lei nº 10.639/03: a educação das relações étnico-raciais na área das Ciências Humanas

Autores

  • Jacimara Souza Santana Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2012.88826

Palavras-chave:

Cotidiano, Ensino, Racial, África, Afro-brasileiro.

Resumo

A formação de professoras/es tem sido um dos grandes desafios enfrentados para a implementação da Lei nº 10.639/03. Uma das dificuldades notadas nesse processo tem sido o desespero de profissionais quanto à aplicação, em sua prática de ensino, dos conhecimentos adquiridos em formações. Este artigo propõe algumas reflexões sobre a educação das relações étnico-raciais na área de Ciências Humanas. Com esta reflexão, não pretendo apresentar “receitas”, mas fomentar uma discussão ampliada sobre o assunto, a partir de alguns eventos próprios do cotidiano escolar, o qual oferece variadas possibilidades temáticas possíveis de serem abordadas em diferentes disciplinas desta área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jacimara Souza Santana, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

Professora de História da África na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e doutoranda no programa de História da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Este texto é um dos resultados do trabalho de elaboração da diretriz para a educação das relações étnico-raciais da Bahia.

Downloads

Publicado

2012-07-06

Como Citar

Santana, J. S. (2012). Reflexões sobre a implementação da Lei nº 10.639/03: a educação das relações étnico-raciais na área das Ciências Humanas. Sankofa (São Paulo), 5(9), 28-41. https://doi.org/10.11606/issn.1983-6023.sank.2012.88826

Edição

Seção

Artigos