[1]
L. Pereira, Feitiçaria e esfera pública: Estado e cultura no pós-guerra angolano, Sankofa (São Paulo), vol. 9, nº 16, p. 135-161, jan. 2016.