Emergências médicas em voos comerciais: uma revisão de literatura

Autores

  • Vanessa Dina Palomino Castillo Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Clarissa Mari de Medeiros Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v21i1p18-27

Palavras-chave:

Emergências médicas a bordo, Regulamento para atendimento de emergência em voos, Medicina aeroespacial.

Resumo

Considerando o ambiente de cabine em voos comerciais como potencial cenário de emergências médicas, e conhecendo o crescente número de passageiros no Brasil e no mundo, torna-se importante o estudo a respeito de repercussões deste ambiente em indivíduos com morbidades comumente encontradas na população e reportadas nos atendimentos durante o voo. O objetivo foi observar a prevalência de registro das principais complicações das enfermidades mais comuns na população geral durante viagens em voos comerciais. A busca foi realizada por meio dos descritores “inflight medical emergencies” e emergências médicas a bordo, no banco de dados da BVS, que resultou em 62 artigos, PubMed, 17 artigos, UpToDate, 5 artigos, Infraero, 11 resultados, SBC, 1 resultado. Também foram realizadas buscas nos bancos de dados disponibilizados pela ANAC, ICAO, ASMA. Focou-se em desordens respiratórias, cardiovasculares, gastrointestinais, não havendo consenso de porcentagens para as respectivas incidências na literatura, porém essas pertencendo ao rol das comumente reportadas. Outros aspectos peculiares do atendimento nesse microambiente foram citados, como protocolo de procedimento de comunicação de emergência durante o voo e registro de atendimento dos mesmos. Observou-se a falta de estudos mais extensos e quantitativamente robustos para os aspectos abordados, estando essa assertiva presente em todos os artigos encontrados. Com o exposto, concluiu-se pela necessidade desses estudos, bem como por maior divulgação de informações acerca desses atendimentos pelas companhias aéreas e órgãos regulamentadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Dina Palomino Castillo, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Faculdade de Medicina

Pós-graduada em Medicina do Tráfego pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Clarissa Mari de Medeiros, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho

Médica Coordenadora do Trabalho do Hospital Bandeirantes. Pós-graduada em Medicina do Tráfego pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2017-06-26

Como Citar

Castillo, V. D. P., & Medeiros, C. M. de. (2017). Emergências médicas em voos comerciais: uma revisão de literatura. Saúde, Ética & Justiça (e-ISSN 2317-2770), 21(1), 18-27. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v21i1p18-27

Edição

Seção

Artigo