Mortalidade por homicídios em Londrina, município do norte do Paraná, no período entre 2006 e 2008

Autores

  • Olavo Franco Ferreira Filho Universidade Estadual de Londrina.
  • Alcindo Cerci Neto Universidade Estadual de Londrina.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v15i2p63-68

Palavras-chave:

Homicídio/estatística & dados numéricos, Epidemiologia, Coeficiente de mortalidade, Armas de fogo.

Resumo

Os homicídios constituem uma importante causa de morte prematura e a mortalidade por este tipo

de violência vem aumentando em todo o mundo nos últimos anos. Esta pesquisa teve por objetivo traçar o perfil epidemiológico dos homicídios em Londrina, norte do Paraná. Trata-se de um estudo descritivo onde foram avaliadas retrospectivamente as necropsias do Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Londrina-PR no período de julho de 2006 a junho de 2008. Neste período o IML realizou 675 necropsias de vítimas residentes naquela cidade, sendo 261 (38,7%) decorrentes de homicídio, equivalendo a uma taxa de 53 mortes para cada 100 mil habitantes. Não foi possível encontrar informações completas em 29 casos (4,3%). Dos 232 casos analisados, havia 220 (94,8%) homens e 12 (5,2%) mulheres. A relação de homens e mulheres foi de 18:1. A maioria das vítimas tinha cor branca (65,1%) e era solteira (78,9%). As idades variaram de 7 até 79 anos (mediana de 24 anos). De acordo com tipo de homicídio encontramos: 87,5% de ferimentos por arma de fogo e 12,5% de outros ferimentos. Em 200 (86,2%) vítimas foi realizada pesquisa toxicológica e alcoólica. Nas 59 (25,4%) vítimas que apresentavam dosagem alcoólica positiva, a média de álcool encontrada foi de 15,2 + 7,0 dg/l com mediana de 14,6 dg/l. A taxa de mortalidade por homicídios e o uso de armas de fogo na cidade de Londrina é alarmante, retirando da sociedade pessoas jovens e gerando um impacto negativo na esperança de vida. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Olavo Franco Ferreira Filho, Universidade Estadual de Londrina.

Docente Associado do Departamento de Clínica Médica da Universidade Estadual de Londrina. Coordenador do (1) Departamento de Clínica Médica.

Alcindo Cerci Neto, Universidade Estadual de Londrina.

Docente Adjunto A do Departamento de Clínica Médica da Universidade Estadual de Londrina. Coordenador da Disciplina de Medicina Forense.

Downloads

Publicado

2010-12-07

Como Citar

Filho, O. F. F., & Neto, A. C. (2010). Mortalidade por homicídios em Londrina, município do norte do Paraná, no período entre 2006 e 2008. Saúde, Ética & Justiça (e-ISSN 2317-2770), 15(2), 63-68. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v15i2p63-68

Edição

Seção

Artigo