Análise morfológica de remanescentes dentais de uma ossada humana encontrados em sambaqui no arquipélago de Ilhabela, litoral norte do Estado de São Paulo, Brasil

  • Marcelo Palinkas Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FORP/USP
  • Marisa Semprini Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo- FORP/USP.
  • Raffaela Arrabaça Francisco Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.
  • Cíntia Bendazzoli Simões Doutoranda em Arqueologia na Universidade de São Paulo USP.
  • Marco Aurélio Guimarães Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP, Brasil.
  • Ricardo Henrique Alves da Silva Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FORP/USP.
Palavras-chave: Antropologia forense, Arqueologia, Dente/anatomia & histologia, Odontologia legal.

Resumo

A avaliação bioantropológica em remanescentes de tecidos duros pode colaborar na identificação das

características físicas dos indivíduos. Os dentes, estrutura dura que também se caracteriza por ser resistente à degradação, são importantes na identificação de corpos que passaram por grandes modificações. O objetivo deste estudo é analisar os remanescentes dentais de uma ossada humana datada de 1920 ± 40 anos AP localizados em sambaqui, no Arquipélago de Ilhabela – SP, Brasil, como fonte de análise anatômica para fins científicos. Os remanescentes dentais foram classificados segundo a notação dental e os autores concluíram que, mesmo com o passar do tempo, os dentes mantém características anatômicas marcantes, podendo ser de grande utilidade na identificação do indivíduo morto.  

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Palinkas, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FORP/USP
Doutorando em Odontologia Restauradora, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FORP/USP
Marisa Semprini, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo- FORP/USP.
Professora Titular - Departamento de Morfologia, Estomatologia e Fisiologia, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo- FORP/USP.
Raffaela Arrabaça Francisco, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.
Mestranda, Departamento de Patologia e Medicina Legal Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP.
Cíntia Bendazzoli Simões, Doutoranda em Arqueologia na Universidade de São Paulo USP.
Doutoranda em Arqueologia na Universidade de São Paulo USP.
Marco Aurélio Guimarães, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP, Brasil.
Professor Doutor - Departamento de Patologia e Medicina Legal, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FMRP/USP, Brasil.
Ricardo Henrique Alves da Silva, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FORP/USP.
Professor Doutor - Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - FORP/USP.
Publicado
2010-12-07
Como Citar
Palinkas, M., Semprini, M., Francisco, R., Simões, C., Guimarães, M. A., & Silva, R. H. (2010). Análise morfológica de remanescentes dentais de uma ossada humana encontrados em sambaqui no arquipélago de Ilhabela, litoral norte do Estado de São Paulo, Brasil. Saúde, Ética & Justiça, 15(2), 75-79. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v15i2p75-79
Seção
Artigo