A institucionalização da Medicina Legal no Brasil

Autores

  • Ivan Dieb Miziara Faculdade de Medicina do ABC.
  • Carmen Sílvia MG Miziara Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FM/USP.
  • Daniel Romero Muñoz Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FM/USP.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v17i2p66-74

Palavras-chave:

Medicina legal/história, Medicina legal/educação., Educação de graduação em medicina/ história.

Resumo

Os autores traçam um panorama da chegada da Medicina Legal no Brasil, desde sua introdução, por intermédio de Nina Rodrigues na Faculdade de Medicina da Bahia, passando pela vinda de Oscar Freire a São Paulo e a consequente criação da disciplina junto à Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo, futura Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, até a institucionalização da mesma, realizada por seu principal discípulo Flamínio Fávero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan Dieb Miziara, Faculdade de Medicina do ABC.

Professor Titular da Disciplina de Medicina Legal e Deontologia Médica da Faculdade de Medicina do ABC.

Carmen Sílvia MG Miziara, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FM/USP.

Médica do Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Daniel Romero Muñoz, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FM/USP.

Professor Titular do Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2012-12-24

Como Citar

Miziara, I. D., Miziara, C. S. M., & Muñoz, D. R. (2012). A institucionalização da Medicina Legal no Brasil. Saúde, Ética & Justiça (e-ISSN 2317-2770), 17(2), 66-74. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v17i2p66-74

Edição

Seção

Artigo