Extração de DNA para análise da amelogenina em amostras fixadas em formalina, incluídas em parafina e armazenadas por 1 e 5 anos no Departamento de Patologia da Universidade Federal de São Paulo

Autores

  • Karina S Funabashi Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP.
  • Edna SM Iwamura Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v18ispep39-44

Palavras-chave:

PCR, STR, Autópsia, Patologia Molecular, FFPE.

Resumo

O uso da biologia molecular em amostras fi xadas em formalina e incluídas em parafi na (FFPE) vem crescendo, e a melhoria nos métodos de obtenção do DNA para sua análise é necessária. O objetivo deste estudo foi avaliar o DNA extraído de blocos de tecidos FFPE (fígado, baço e cérebro não tumorais), obtidos de necropsia, 8 a 24 horas post mortem, utilizando três métodos de extração de DNA (kit comercial, fenolclorofórmio e Salting-Out). Foram realizadas as PCRs dos genes da actina (136pb), amelogenina humana (AMEL 212-218pb) e STRs (100-400pb) para avaliar a efi cácia do método de extração de DNA e determinar o sexo dos indivíduos. Foram utilizados 28 casos arquivados (1 e 5 anos) e 12 recentes, sendo analisadas 10 amostras de cada um dos tecidos. O kit comercial apresentou maior grau de pureza, resultados reprodutíveis e consistentes na amplifi cação por PCR nos genes da -actina e AMEL e na análise por STR. Este estudo fornece uma compreensão dos desafi os envolvendo amostras FFPE, e esclareceu novas estratégias para análises moleculares neste tipo de material.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karina S Funabashi, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP.

Departamento de Patologia – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP, São Paulo, SP.

Edna SM Iwamura, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP.

Departamento de Patologia – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP, São Paulo, SP.

Downloads

Publicado

2013-12-26

Como Citar

Funabashi, K. S., & Iwamura, E. S. (2013). Extração de DNA para análise da amelogenina em amostras fixadas em formalina, incluídas em parafina e armazenadas por 1 e 5 anos no Departamento de Patologia da Universidade Federal de São Paulo. Saúde, Ética & Justiça (e-ISSN 2317-2770), 18(spe), 39-44. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2770.v18ispep39-44

Edição

Seção

Artigo