Editorial

  • Eduardo Victorio Morettin Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes http://orcid.org/0000-0002-1207-4969
  • Daniela Giovana Siqueira Universidade de São Paulo
  • Sávio Luis Stoco Universidade de São Paulo
  • Izabel de Fátima Cruz Melo Universidade de São Paulo

Resumo

Editorial da edição 47 da Significação: Revista de Cultura Audiovisual

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Victorio Morettin, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Graduado em História (1988), mestre em Artes (1994) e doutor em Ciências da Comunicação (2001), títulos obtidos pela Universidade de São Paulo. Pós-doutorado pela Université Paris I (2012). Atualmente é professor de História do Audiovisual da Escola de Comunicações e Artes da USP. É autor de Humberto Mauro, Cinema, História (SP, Alameda Editorial, 2012) e um dos organizadores de História e Cinema: dimensões históricas do audiovisual (2ª ed., SP, Alameda Editorial, 2011), História e Documentário (RJ, FGV, 2012) e Visualidades Hoje (Salvador, Edufba, 2013), dentre outros projetos editoriais. É um dos líderes do Grupo de Pesquisa CNPq História e Audiovisual: circularidades e formas de comunicação (site http://historiaeaudiovisual.weebly.com/). Em 2010 foi professor visitante da Université Paris-Est Marne-la-Vallée. É bolsista produtividade em pesquisa CNPq, nível 2.  É editor, junto com Irene Machado, do periódico Significação - Revista de Cultura Audiovisual. É membro do Conselho da Cinemateca Brasileira desde 2007. Foi membro do Conselho Deliberativo das seguintes instituições e associações científicas: Museu Paulista (2005 - 2007),  Instituto de Estudos Brasileiros (2010 - 2014), Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (2008 - 2010 e 2013 - 2015), Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (2013 - 2014), Núcleo Regional São Paulo da Associação Nacional de História (ANPUH/SP) (1998 - 2000 e 2004 - 2008), Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (SOCINE) (2007 - 2011). Foi presidente da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós) no biênio 2013 - 2015 e integrou a diretoria da ANPUH/SP entre 2000 e 2004 e da ANPUH entre 2007 e 2009.
Links: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=CPQEBDUAAAAJ&view_op=list_works&is_public_preview=1
Daniela Giovana Siqueira, Universidade de São Paulo
Doutoranda em Meios e Processos Audiovisuais pela Universidade de São Paulo. Mestre em História e Culturas Políticas pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007). Bacharel em Comunicação Social - habilitação Jornalismo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (2002) . Professora das disciplinas Pesquisa em Comunicação e Preservação de Acervos Fílmicos e Audiovisuais do curso de Cinema e Audiovisual Centro Universitário UNA em Belo Horizonte. Professora do seminário Memória e Preservação Audiovisual do curso de Cinema e Audiovisual da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
Sávio Luis Stoco, Universidade de São Paulo
Doutorando pelo PPG Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes-USP, linha História, Teoria e Crítica. Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes-Unicamp (2014). Especialista em Artes Visuais: Cultura e Criação (Senac) e cursou a especialização Produção, Direção e Criação em Cinema (Uninorte). Graduado em Comunicação Social pela UFAM (2008). Integrante do grupo CNPQ História e Audiovisual (ECA-USP) e do Núcleo de Antropologia Visual (Ufam); em 2009 integrou curadoria da Mostra Amazônica do Filme Etnográfico. Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2011, expondo individualmente na galeria Funarte BH, Espaço Cultural Banco da Amazônia (PA) e Galeria da Ufam. Em 2010 ganhou a Bolsa Funarte Reflexão Crítica em Mídias Digitais com o ensaio "Híbridos - A Imagem Digital nas Artes Amazonenses". Conquistou a Bolsa Biblioteca Nacional/Funarte Circulação Literária com o projeto de arte-educação Crítica do Audiovisual: Leituras Regionais (Manaus, Teresina, Brasília, Cuiabá e João Pessoa). Premiado no Programa Rede Nacional Funarte de Artes Visuais, coordenou o Seminários 3x3: fotografia contemporânea amazônica (Manaus, Boa Vista e Belém); cujo projeto resultou em livro coletânea com artistas e pesquisadores. Conquistou o 12° Prêmio Marc Ferrez Funarte de Fotografia. Promoveu o projeto de arte-educação Caravana Crítica do Cinema Amazônico (todas capitais do Norte) pelo programa Amazônia Cultural (MINC). Coordenou revisão do filme No Paiz das Amazonas de Silvino Santos para DVD (Cinemateca Brasileira/Concultura-Manaus). Desde 2008 integra do Coletivo Difusão (Manaus), grupo de artes integradas e mídias de Manaus com o qual desenvolveu grande parte de sua produção videográfica, focada na pesquisa da imagem de arquivo e artes em Manaus; dois prêmios no Amazonas Film Festival. Participou como artista selecionado do 31° Arte Pará (curadoria Paulo Herkenhoff e Armando Queiroz). Membro da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual e da Associação Nacional de História (ANPUH).
Izabel de Fátima Cruz Melo, Universidade de São Paulo
Possui graduação em História pela Universidade Católica do Salvador (2006). Especialista em História da Bahia pela UEFS (2008) e é Mestre em História Social do Brasil na UFBA (2009). Foi bolsista CAPES durante o mestrado. Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Meios e Processos Audiovisuais, na ECA/USP.É professora da UNEB, Campus XIII. Pesquisadora Associada da Filmografia Baiana. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Cinema Baiano. Interesses de pesquisa em torno de práticas sociais, cultura, sociabilidades, censura, representação, relações cinema- história; historiografia do cinema; história e linguagens.

Referências

Broggi, L. “Atlas of Emotion: Intervista a Giuliana Bruno”. Aria 1, p. 14-29, 2005.

Bruno, G. Atlas of Emotion: Journey in Art, Architecture and Film. Nova York: Verso. 2007.

Massey, D. Pelo Espaço. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.

Mello, C. “An-danças Urbanas em Xiao Wu e Na Cidade de Sylvia”. Revista Eco-Pós (UFRJ, Rio de Janeiro) vol.14 (outubro). Disponível em http://revistas.ufrj.br/index.php/eco_pos/article/viewFile/9 16/856, acesso em 04 de junho de 2017.

NAGIB, L. “Toward a Positive Definition of World Cinema” Ed., Dennison, Stephanie and Lim, Song Hwee, Remapping World Cinema: identity, culture and politics in film, London; New York: Wallflower Press, 2006.

RANCIÈRE, J. A partilha do sensível. Estética e política. São Paulo: EXO Experimental org./Ed. 34, 2005.

Publicado
2017-07-13
Como Citar
Morettin, E., Siqueira, D., Stoco, S., & Melo, I. (2017). Editorial. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 44(47), 11-18. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2017.133703