“Cinema como evento”: atrações de palco e tela no cineteatro Santa Helena em São Paulo (1927)

  • Luciana Corrêa de Araújo Universidade Federal de São Carlos
Palavras-chave: cinema silencioso, exibição cinematográfica, intermidialidade

Resumo

Este artigo investiga as atividades no Teatro Santa Helena, em São Paulo, ao longo de 1927, quando esse cineteatro esteve à frente das estratégias de programação empreendidas pelo consórcio firmado entre a Metro-Goldwyn-Mayer e a Empresas Reunidas, principal cadeia exibidora da cidade. São abordados aspectos relacionados às práticas e à recepção cinematográficas, com particular atenção aos programas mistos envolvendo atrações de palco e tela, de maneira a compreender a sala de cinema enquanto espaço privilegiado na articulação de relações intermidiáticas entre cinema, teatro, música e outras práticas artísticas e culturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Corrêa de Araújo, Universidade Federal de São Carlos

Pesquisadora e professora da graduação e da pós-graduação em Imagem e Som, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Com mestrado e doutorado pela ECA/USP, publicou diversos artigos em periódicos e é autora dos livros A crônica de cinema no Recife dos anos 50 (Fundarpe, 1997) e Joaquim Pedro de Andrade: primeiros tempos (Alameda, 2013). Atualmente coordena a parte brasileira do projeto “Towards an Intermedial History of Brazilian Cinema” (AHRC/Reino Unido – Fapesp/Brasil).

Referências

ALTMAN, R. Sound theory, sound practice. New York: Routledge, 1992.

ARAÚJO, L. C. “‘Prólogos envenenados’: cinema e teatro nos palcos da Cinelândia carioca”. Travessias, Paraná, v. 3, n. 2, p. 1-17, 2009. Disponível em: http://bit.do/eby8t. Acesso em: 22 mar. 2018.

BERNARDET, J-C. Historiografia clássica do cinema brasileiro. São Paulo: Annablume, 1995.

CAMPOS, C. M.; PERRONE, R. “O Palacete Santa Helena: implantação, construção e arquitetura”. In: CAMPOS NETO, C. M.; SIMÕES JÚNIOR, J. G. Palacete Santa Helena: um pioneiro da modernidade em São Paulo. São Paulo: Senac/Imprensa Oficial, 2006, p. 69-161.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 2 jan. 1927a, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 10 jan. 1927b, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 12 jan. 1927c, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 23 jan. 1927d, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 6 mar. 1927e, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 21 mar. 1927f, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 3 abr. 1927g, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 11 abr. 1927h, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 16 abr. 1927i, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 27 abr. 1927j, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 7 jun. 1927k, p. 2.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 21 set. 1927l, p. 6.

CINEMAS. Diário da Noite, São Paulo, 26 set. 1927m, p. 5.

CINEMAS: a música e o cinema. Diário da Noite, São Paulo, 3 abr. 1927, p. 2.

FITEIRO. No país das sombras. Correio Paulistano, São Paulo, 22 mar. 1927.

GERSON, B. Teatros. Diário da Noite, São Paulo, 20 set. 1927a, p. 5.

GERSON, B. Teatros. Diário da Noite, São Paulo, 5 out. 1927b, p. 6.

GERSON, B. Teatros. Diário da Noite, São Paulo, 1º dez. 1927c, p. 2.

GOMES, T. M. “Como eles se divertem” (e se entendem): teatro de revista, cultura de massas e identidade sociais no Rio de Janeiro dos anos 20. Tese (Doutorado em História) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

GONZAGA, A. Palácios e poeiras: 100 anos de cinemas no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Ministério da Cultura/Funarte/Record, 1996.

GRILL Room do Esplanada Hotel [anúncios]. Diário da Noite, São Paulo, 14 out. 1927, p. 6.

HANSEN, M. Babel and Babylon. Cambridge: Harvard University Press, 1991.

LOEW’S Sheridan. Variety, New York, v. 87, n. 9, 29 jun. 1927, p. 29.

MENDES, O. A tela em revista: São Paulo. Cinearte, Rio de Janeiro, v. 2, n. 52, p. 33, 23 fev. 1927a.

MENDES, O. A tela em revista: São Paulo. Cinearte, Rio de Janeiro, v. 2, n. 60, p. 29, 20 abr. 1927b.

PALCOS & Telas. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 29 dez. 1926, p. 10.

SERNA, L. I. “Translations and Transportation Toward a Transnational History of the Intertitle”. In: BEAN, J.; KAPSE, A. (Eds.) Silent cinema and the politics of space. Bloomington: University of Indiana Press, 2014.

SOUZA, C. R. “Orquestras e vitrolas no acompanhamento do espetáculo cinematográfico silencioso brasileiro: o caso do cinema Triângulo, um saco de pancadas exemplar”. Rebeca, ano 3, v. 6, jul.-dez., 2014.

SOUZA, J. I. M. Salas de cinema e história urbana de São Paulo (1894-1930): o cinema dos engenheiros. São Paulo: Senac, 2016.

SALAS de cinema de São Paulo (1895-1929) – Inventário dos espaços de sociabilidade cinematográfica na cidade de São Paulo: 1895-1929”. In: CINEMATECA BRASILEIRA. Base de Dados. 2016. Disponível em: http://bit.do/ebCkG. Acesso em: 3 set. 2017.

SANTA Helena [anúncio]. Diário da Noite, São Paulo, 14 mar. 1927a, p. 6.

SANTA Helena [anúncio]. Diário da Noite, São Paulo, 2 abr. 1927b, p. 6.

SANTA Helena [anúncio]. Diário da Noite, São Paulo, 7 maio 1927c, p. 6.

SANTA Helena [anúncio]. Diário da Noite, São Paulo, 13 set. 1927d, p. 2.

SANTA Helena [anúncio]. Diário da Noite, São Paulo, 4 out. 1927e, p. 6.

SANTA Helena [anúncio]. Diário da Noite, São Paulo, 14 out. 1927f, p. 6.

TEATROS. Diário da Noite, São Paulo, 29 set. 1927, p. 6.

THEATRO Santa Helena [anúncio]. Jornal do Commercio, 19 mar. 1927. Disponível em: https://goo.gl/C8Pxur Acesso em: 5 abr. 2018.

THOMPSON, K. Exporting entertainment. London: BFI, 1985.

Publicado
2018-04-27
Como Citar
Araújo, L. (2018). “Cinema como evento”: atrações de palco e tela no cineteatro Santa Helena em São Paulo (1927). Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 45(49), 19-38. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2018.138589