Pontos de escuta e diegese múltipla da chanson no cinema

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.160587

Palavras-chave:

Cinema, Música popular, Chanson, Ponto de escuta

Resumo

A chanson é um gênero de música popular ouvido no cinema produzido na França. Por meio de uma integração entre a análise microtextual (na relação sincrônica entre som e imagem), macrotextual (no interior da cena), microcontextual (no conjunto do filme) e macrocontextual (no momento histórico da sociedade em que se insere), serão abordadas três películas. O objetivo é demonstrar como as chansons operam, não apenas na sinergia entre a indústria fonográfica e cinematográfica, mas também narrativamente, exprimindo emoções das personagens, catalisando falas e ações nos filmes, além de explicitar as diferentes formas de manipulação do ponto de escuta e dos regimes da diegese.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Alvares Vidigal, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor Associado de Cinema e Audiovisual no Departamento de Fotografia e Cinema (FTC) da Escola de Belas Artes (EBA), na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor do quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Artes na mesma instituição. Doutor e mestre em Comunicação Social pela UFMG, com tese defendida em 2008 – “A Jamaica é aqui: arranjos audiovisuais de territórios musicados”. Pós-doutorado pela Goldsmiths, University of London, Reino Unido, entre julho de 2015 e agosto de 2016, onde também organizou duas edições do simpósio Sound System Outernational e realizou o documentário Weapon is My Mouth (Minha Boca, Minha Arma, 2016, com Delmar Mavignier).

Referências

ALVIM, L. B. “Beleza, star system e uso da música associada a personagens femininas em filmes de ficção de Agnès Varda da Nouvelle Vague”. In: LUSVARGHI, L.; ALVIM, L. B.; NASCIMENTO, G. Cinema, representação e relações de gênero. São Paulo: E-galáxia, 2018. E-book.

BUHLER, J; NEUMEYER, D. Gaumont Sound Films. Hearing the Movies, [s. l.], 4 abr. 2010. Disponível em: https://bit.ly/3nxeYN5. Acesso em: 15 ago. 2020.

CARVALHO, J. J.; SEGATO, R. L. Sistemas Abertos e Territórios Fechados: para uma nova compreensão das interfaces entre música e identidades sociais. Brasília: Universidade de Brasília, 1994. Disponível em: https://bit.ly/3q5FwHw. Acesso em: 21 jun. 2004

CHION, M. Audiovision: Sound on Screen. New York: Columbia University Press, 1994.

CONWAY, K. “Flower of the Asphalt: The Chanteuse Réaliste in 1930s French Cinema”. In: WOJCIK, P. R.; KNIGHT, A. (orgs.) Soundtrack Available: Essays on Film and Popular Music. Durham: Duke University Press, 2001a. p. 134-160.

CONWAY, K. “Diva in the Spotlight: Music Hall to Cinema”. In: HUGUES, A.; WILLIAMS J. Gender and French Cinema. Oxford: Berg, 2001b. p. 35-61.

CONWAY, K. Chanteuse in the city: the realist singer in French film. Berkeley: University of California Press, 2004.

DELEUZE, G. Imagem-Tempo. São Paulo: Brasiliense, 1990.

GOEDERT, N.; MAILLARD, N. Culture visuelle du territoire (I): Pépé le Moko et l’invention de la frontière. IMAJ, [s. l.], 10 jan. 2016. Disponível em: https://bit.ly/3pGB6Xs. Acesso em: 1 jul. 2020.

GORBMAN, C. Unheard Melodies. London: BFI Publishing, 1987.

GORBMAN, C. “Varda´s music”. Music and the Moving Image, Ann Arbor, v. 1, n. 3, 2008.

GREENE, G. “Stage and Screen, The Cinema: Pepé le Moko”. The Spectator, London, n. 5.678, p. 759 [15], abr. 1937. Disponível em: https://bit.ly/33jWSq5. Acesso em: 25 jun. 2019.

KASSABIAN, A. Hearing film: tracking identifications in contemporary Hollywood film music. New York: Routledge, 2001.

KLINE, T. J. Agnès Varda: Interviews. Jackson: University Press of Mississipi, 2014.

LACOMBE, A.; PORCILE, F. Les Musiques du Cinéma Français. Paris: Bordas, 1995.

MAIA, G.; ZAVALA, L. Cinema Musical na América Latina: aproximações contemporâneas. Salvador: EDUFBA, 2018.

MANCERON, G. Front populaire et nationalisme algérien: la rupture. Histoire colonial et postcoloniale, Paris, 22 jun. 2016. Disponível em: https://bit.ly/35ByDoZ. Acesso em: 1 jul. 2020.

NEUMEYER, D. The Oxford Handbook of Film Music Studies. Oxford: Oxford University Press, 2014.

POWRIE, P. “The Fabulous Destiny of the Accordion in French Cinema”. In: POWRIE, P.; STILWELL, R. (orgs.). Changing Tunes: the use of pre-existing music in film. Burlington: Ashgate, 2006. p. 137-151.

POWRIE, P.; STILWELL, R. (orgs.). Changing Tunes: the use of pre-existing music in film. Burlington: Ashgate, 2006.

SCHAFER, R. M. A afinação do mundo. São Paulo: Editora Unesp, 2001.

SCHAEFFER, P. Traité des objets musicaux: essai interdisciplines. Paris: Éditions du Seuil, 1966.

TOURNES, L. Du phonographe au MP3, XIXème-XXIème siècles, une histoire de la musique enregistrée. Paris: Autrement, 2008.

VIDIGAL, L. A. “A Jamaica é aqui”: arranjos audiovisuais de territórios musicados. 2008. Tese (Doutorado em Comunicação Social) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

WOJCIK, P. R.; KNIGHT, A. (orgs.) Soundtrack Available: Essays on Film and Popular Music. Durham: Duke University Press, 2001.

Referências audiovisuais

CLÉO de 5 à 7 (Cléo de 5 às 7). Agnès Varda, França, 1962.

PEPÉ le moko (O Demônio da Algéria). Julien Duvivier, França, 1936.

SOUS le toits du Paris (Sob os telhados de Paris). René Clair, França, 1931.

Downloads

Publicado

2021-01-30

Como Citar

Vidigal, L. A. (2021). Pontos de escuta e diegese múltipla da chanson no cinema. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 48(55), 212-230. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.160587

Edição

Seção

Artigos