Um olhar semiótico sobre o efeito rashomon

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.167292

Palavras-chave:

Efeito rashomon, Semiótica discursiva, Enunciação audiovisual

Resumo

O efeito rashomon se caracteriza como uma narrativa que apresenta diversos pontos de vista contraditórios sobre um mesmo assunto, que convergem para um final inconclusivo. Esse conceito surgiu baseado no filme Rashomon (1950), de Akira Kurosawa, objeto de estudo deste trabalho. O filme é analisado por meio de conceitos da semiótica discursiva, como as noções de credulidade e credibilidade e os elementos da sintaxe discursiva. As variações nos pontos de vista e perspectivas ao longo da narrativa fílmica corroboram para a construção dos efeitos de sentido de objetividade e subjetividade, que por sua vez configuram os contratos enunciativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Aparecida Santos, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutoranda em Comunicação pela UNESP/Bauru. Mestra em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Araraquara. Bacharel em Comunicação Social (Rádio e TV) pela UNESP/Bauru. É membro do GEA (Grupo de Estudos do Audiovisual, UNESP). Atua nas áreas de Comunicação e Semiótica discursiva com ênfase em Enunciação audiovisual.

Ana Silvia Lopes Davi Médola, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Livre-Docente em Comunicação Televisual pela UNESP/Bauru, onde está lotada no Departamento de Comunicação Social atuando como professora no Curso de Comunicação: Rádio, Tv e Internet. Nas atividades de pesquisa, é líder do Grupo de Estudos Audiovisuais (GEA) da UNESP e membro do Centro de Pesquisas Sociossemióticas (PUC-SP, FFLCHUSP, CNRS/Paris). A produção científica está concentrada nos estudos da comunicação, televisão, semiótica da linguagem e audiovisual e registrada em capítulos de livros e artigos publicados em periódicos científicos.

Referências

BARROS, D. L. P. Teoria do discurso: fundamentos semióticos. 3. ed. São Paulo: Humanitas; FFLCH, 2002.

BERTRAND, D. Caminhos da semiótica literária. Tradução: Grupo CASA. Bauru: EDUSC, 2003.

DUARTE, A. L. “De ‘Dentro do bosque’ a Rashomon: história, literatura e cinema”. ArtCultura, Uberlândia, v. 14, n. 24, p. 167-183, jan./jun. 2012.

FIORIN, J. L. As astúcias da enunciação: as categorias de pessoa, espaço e tempo. São Paulo: Ática, 2005.

GREIMAS, A. J. Sobre o sentido II: ensaios semióticos. Tradução Dilson Ferreira da Cruz. São Paulo: Nankin; Edusp, 2014.

GREIMAS, A. J.; COURTÉS, J. Dicionário de semiótica. Tradução Alceu Dias Lima et al. São Paulo: Contexto, 2011.

HEIDER, K. G. “The Rashomon Effect: When Ethnographers Disagree”. American Anthropologist, Hoboken, v. 90, n. 1, p. 73-81, 1988.

MASSI, F. O romance policial do século XXI: manutenção, transgressão e inovação do gênero. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011.

Referências audiovisuais

RASHOMON. Akira Kurosawa, Japão, 1950.

Downloads

Publicado

2021-01-30

Como Citar

Santos, A. A., & Médola, A. S. L. D. . (2021). Um olhar semiótico sobre o efeito rashomon. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 48(55), 190-211. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.167292

Edição

Seção

Artigos