Cabaret Mineiro: o cinema sertanejo de Carlos Prates

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.181505

Palavras-chave:

Carlos Prates, Cinema sertanejo, Cabaret Mineiro, Literatura

Resumo

Este ensaio visita a obra do cineasta mineiro Carlos Alberto Prates Correia, focando especialmente no seu filme mais emblemático, Cabaret Mineiro (1980). O argumento apresentado é que Prates construiu, ao longo de sua carreira, um cinema sertanejo, caracterizado pela confluência de elementos folclóricos, musicais e estéticos próprios do modo de vida do norte de Minas Gerais. Prates também parece aprofundar a adaptação da literatura para o cinema por meio de um diálogo denso com o universo mítico de João Guimarães Rosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Branco Di Fátima, Centro de Investigação e Estudos de Sociologia

Jornalista e escritor. Doutor em Ciências da Comunicação pelo Instituto Universitártio de Lisboa. Membro do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES).

Referências

ANDRADE, C. D. Alguma poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

BERNARDET, J. “A crise do cinema brasileiro e o plano Collor”. Folha de S.Paulo, São Paulo, ano 70, n. 22.533, p. 3, 23 jun. 1990. Disponível em: https://bit.ly/3nrllEP. Acesso em: 13 set. 2021.

BERNARDET, J. Uma atitude lúdica. Cinema de Prazer de Carlos Alberto Prates Correia, [S. l.], c2013. Disponível em: https://bit.ly/3e8iz2r. Acesso em: 20 dez. 2020.

DIB, A. Abraccine organiza ranking dos 100 melhores filmes brasileiros. Abraccine, [s. l.], 27 nov. 2015. Disponível em: https://bit.ly/3ed7Sf7. Acesso em: 18 dez. 2020.

GARDNIER, R. “Crioulo Doido (1970)”. Contracampo, São Paulo, n. 30, 2010.

HISTÓRIA permanente do cinema | Cabaret Mineiro de Carlos Alberto Prates Correia. [S. l.: s. n.], 2020. 1 vídeo (1h 32min 05s). Publicado pelo canal Palácio das Artes – Fundação Clóvis Salgado. Disponível em: https://bit.ly/3zcf0ze. Acesso em: 27 abr. 2021.

IKEDA, M. “Para além da mineirice: a natureza no cinema de Carlos Alberto Prates Correia”. In: Catálogo da Mostra do Filme Livre. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil; Ministério da Cultura, 2013. p. 26.

LEITE NETO, A. “O que fazer com Prates Correia, 1986”. In: CD Livreto de Carlos Prates. São Paulo: Editora do Autor, 2008. p. 1-4.

LEITE, R. G. “Perdida – dossiê crítico”. Filme Cultura, Rio de Janeiro, n. 29, p. 25-33, 1978.

MARINHO, M. G. S. M. C. “Cabaret mineiro: lirismo e transgressão no ocaso da ditadura”. In: MAIA, G.; ZAVALA, L. (org.). Cinema musical na América Latina: aproximações contemporâneas. Salvador: EDUFBA, 2018. p. 453-467.

MESQUITA, C.; SABINO, F.; FONSECA, J. “Entrevista Carlos Prates”. Forumdoc.bh – 12º Festival do Filme Documentário e Etnográfico, Belo Horizonte, 2008. p. 145-150.

MOURA, R. “Andar aí no seu gramado”. O Pasquim, Rio de Janeiro, n. 615, p. 25, 1981.

MOURA, T. História de Otávio Augusto Pinto de Moura (Tavinho Moura). Museu da Pessoa, [S. l.], 12 dez. 2004. Disponível em: https://bit.ly/3uaSPrM. Acesso em: 20 dez. 2020.

ORMOND, A. Perdida. Blog Estranho Encontro, [S. l.], 7 set. 2008. Disponível em: https://bit.ly/2Siu4fb. Acesso em: 9 jan. 2021.

PAIVA FILHO, A. “A marujada surreal, safada e alterosa do capitão Prates”. Sombras Elétricas, Niterói, n. 1, 2003. Disponível em: https://bit.ly/3tBx1Gl. Acesso em: 9 jan. 2021.

RANGEL, M. “A rua de baixo: análise do filme Cabaret Mineiro, de Carlos Alberto Prates Correia”. Revista Balalaica, São Paulo, n. 1, p. 64-78, 1997.

ROSA, J. G. Grande Sertão: Veredas. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

SERRA, C.; IKEDA, M. “Entrevista”. In: Catálogo da Mostra do Filme Livre. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 2013. p. 35-47.

SIQUEIRA, S. “Cabaret Mineiro (review)”. Framework: The Journal of Cinema and Media, New York, n. 28, 1985.

SIQUEIRA, S. “O diabo na rua, no meio do redemoinho…” In: Catálogo da Retrospectiva Prates Correia. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 2002. p. 1.

TRIONFERA, C. “Uma jóia brasileira com acentos trágicos e ecos emblemáticos”. Cinema de Prazer de Carlos Alberto Prates Correia, [s. l.], c2013. Disponível em: https://bit.ly/2QMAxyn. Acesso em: 9 jan. 2021.

Referências audiovisuais

CABARET Mineiro. Carlos Prates, Brasil, 1980.

CRIOULO Doido. Carlos Prates, Brasil, 1970.

MINAS-TEXAS. Carlos Prates, Brasil, 1989.

PERDIDA. Carlos Prates, Brasil, 1975.

CABARET Mineiro. [Compositor]: Tavinho Moura. São Paulo: EMI-Odeon, 1981. 1 CD (31 min).

Downloads

Publicado

2022-02-04

Como Citar

Fátima, B. D. (2022). Cabaret Mineiro: o cinema sertanejo de Carlos Prates. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 49(57), 280-294. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.2022.181505