A alquimia em "Uma semana de bondade" de Max Ernst

Autores

  • Bernadette Lyra Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações e Artes

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.1994.65513

Palavras-chave:

Intertextualidade, Olhar pós-moderno, Surrealismo, Alquimia.

Resumo

Neste trabalho, a minha tentativa de estabelecer liames intertextuais entre Uma Semana de Bondade ou Os Sete Elementos Capitais -livro de colagens de Max Ernst - e os procedimentos alquimícos parte de estudos sobre a intertextualidade, tal como esse processo se encaixa no espaço semiótico, tomado este último como " um mecanismo único (senão como um organismo)"(LOTMAN, 1991, p. 5).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bernadette Lyra, Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações e Artes

Escritora e Professora Doutora da Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

1994-12-25

Como Citar

Lyra, B. (1994). A alquimia em "Uma semana de bondade" de Max Ernst. Significação: Revista De Cultura Audiovisual, 21(10), 81-102. https://doi.org/10.11606/issn.2316-7114.sig.1994.65513

Edição

Seção

Artigos