[1]
D. Zanetti e N. Ramos, “Ficção e rastros documentais: cotidiano, espaço e território no cinema de Miguel Gomes”, Signif., Rev. Cult. Audiov., vol. 44, nº 47, p. 90-113, jul. 2017.