Humor, ironia e intertextualidade: produção e consumo da série Narcos no Facebook

Autores

  • Beatriz Braga Bezerra Escola Superior de Propaganda e Marketing
  • Rafael Ofemann Escola Superior de Propaganda e Marketing

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-5057.v8i2p54-66

Palavras-chave:

Comunicação e consumo, Narrativas audiovisuais, Narcos, Facebook

Resumo

As webséries já se consolidam como prática cultural contemporânea, estruturando novos modelos de negócio e de consumo no setor audiovisual. Objetivamos analisar a página de Narcos no Facebook buscando compreender sua atuação para informar e cativar o público diante de um cenário de múltiplas plataformas e viralização de conteúdos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Braga Bezerra, Escola Superior de Propaganda e Marketing

Doutoranda em comunicação e práticas do consumo no Programa de Pós-Graduação da Escola Superior de Propaganda e Marketing (PPGCOM/ESPM). Mestre em comunicação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pernambuco (PPGCOM/UFPE). 

Rafael Ofemann, Escola Superior de Propaganda e Marketing

Mestrando em comunicação e práticas do consumo no Programa de Pós-Graduação da Escola Superior de Propaganda e Marketing (PPGCOM/ESPM). 

Downloads

Publicado

2016-12-21

Como Citar

BEZERRA, B. B.; OFEMANN, R. Humor, ironia e intertextualidade: produção e consumo da série Narcos no Facebook. Signos do Consumo, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 54-66, 2016. DOI: 10.11606/issn.1984-5057.v8i2p54-66. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/signosdoconsumo/article/view/114911. Acesso em: 3 fev. 2023.