Usain Bolt como entidade enunciativa: a construção de sua marca pessoal no contexto das Olimpíadas de 2016

  • Rafael dos Santos Hönig Universidade Federal de Santa Maria
  • Fabiano Maggioni Universidade Federal de Santa Maria
  • Magnos Cassiano Casagrande Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Me brand, Comunicação, Marca, Semiótica

Resumo

A partir da lógica de como são criadas as marcas na contemporaneidade, busca-se analisar como o atleta Usain Bolt constrói sua marca pessoal nas competições e locais onde participa. Utilizando como base a obra de Semprini, explana-se acerca das características de marcas na contemporaneidade e trabalha-se a questão de marca pessoal – aqui denominada me brand. Parte-se do projeto de marca proposto pelo autor que é adaptado ao atleta. Em seguida, como método de análise, utiliza-se a tríade sobre valores, narração e discursos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael dos Santos Hönig, Universidade Federal de Santa Maria

Acadêmico de Comunicação Social, habilitação em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal de Santa Maria. Integrante do grupo de pesquisa “Estratégias da produção midiática dos sentidos”.

Fabiano Maggioni, Universidade Federal de Santa Maria

Doutor e mestre em Comunicação Midiática pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria. Professor adjunto do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal de Santa Maria. Pesquisador na área de imagem e semiótica.

Magnos Cassiano Casagrande, Universidade Federal de Santa Maria

Doutorando em Comunicação Midiática do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria.

Publicado
2018-01-15