O que as pessoas comuns fazem à comunicação de marca?

Uma análise de campanhas publicitárias francesas

  • Lorreine Beatrice Petters Universidade Sorbonne-Nouvelle, Paris, França
Palavras-chave: Pessoas comuns, Comunicação publicitária de marca, Promessa de autenticidade

Resumo

O emprego de pessoas comuns na comunicação publicitária de marca se difere do fato de utilizar atores, celebridades ou especialistas e exige uma mise en scène singular. Nós levantamos a hipótese de que o emprego de pessoas comuns permite aos anunciantes construir uma ficção publicitária próxima ao cotidiano dos consumidores efetivos e potenciais, estabelecendo uma promessa de autenticidade. Para verificar tal hipótese, foram realizadas uma revisão teórica e uma análise de conteúdo de um corpus composto por 145 mensagens publicitárias audiovisuais veiculadas na França entre 2010 e 2017.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lorreine Beatrice Petters, Universidade Sorbonne-Nouvelle, Paris, França

Doutora em Ciências da Comunicação e pesquisadora-membra do Centro de Pesquisa Abordagens
Pragmáticas em Filosofia da Linguagem e da Comunicação (APPLA&CO–CIM), da Universidade
Sorbonne-Nouvelle. Realiza atualmente um pós-doutorado na Universidade de Rouen (França) e seus
principais temas de pesquisa são a comunicação das organizações e a circulação de discursos midiáticos.

Publicado
2018-12-20