Basta e basta

do ethos dos produtores à projeção dos sujeitos consumidores de editoriais em dois momentos distintos da política brasileira (1964 e 2016)

  • Tânia Hoff Escola Superior de Propaganda e Marketing, São Paulo, Brasil
  • Guy Pinto de Almeida Junior Escola Superior de Propaganda e Marketing, São Paulo, Brasil
Palavras-chave: comunicação e consumo, discurso jornalístico, análise de discurso, golpe de 1964, impeachment de Dilma Rousseff

Resumo

Este artigo visa a compreensão dos efeitos de sentidos acerca do ethos discursivo e da, consequente, projeção do sujeito consumidor em dois editoriais de jornais brasileiros em momentos decisivos da história política do país, a saber: Basta! (CORREIO DA MANHÃ, 1964) e Chegou a hora de dizer: basta! (O ESTADO DE S. PAULO, 2016). A partir das categorias de análise “governo”, “presidente”, “democracia” e “povo”, analisamos as similitudes, continuidades e afastamentos entres os dois discursos, tendo como caminho teórico-metodológico a Análise de discurso de linha francesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tânia Hoff, Escola Superior de Propaganda e Marketing, São Paulo, Brasil

Pós-doutora pelo Programa de Estudos Pós Graduados em Comunicação e Semiótica da PUC-SP.
Doutora em Letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de
São Paulo (FFLCH-USP), e mestre em Artes pela Escola de Comunicação e Artes (ECA-USP). É
professora-pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo,
da Escola Superior de Propaganda e Marketing (PPGCOM-ESPM).

Guy Pinto de Almeida Junior, Escola Superior de Propaganda e Marketing, São Paulo, Brasil

Doutorando em Comunicação e Práticas de Consumo pela ESPM, programa pelo qual obteve o título
de mestre em 2014. Possui graduação em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero (e MBA em
Gestão de Marketing Esportivo pela Trevisan Escola de Negócios. Atualmente é professor dos cursos
de Comunicação da Faculdade Mundial (Paulista de Comunicação).

Publicado
2018-12-20