Consumo e Diversidade Cultural/Sexual: Investigações Interdisciplinares

  • Wilton Garcia Universidade Braz Cubas
Palavras-chave: cinema industrial, publicidade, teoria feminista do cinema, representação feminina, consumo

Resumo

O estudo da história do cinema americano como indústria induz à ligação entre o cinema e a publicidade. No sistema patriarcal de troca é importante o estímulo à imagem narcisística da mulher, onde se testemunha a idealização do corpo e do ambiente circunscrito, e onde se propõe um estilo de vida ideal. É a afinidade entre consumismo e cinema o que se procura analisar, de como o cinema industrial americano se dotou como veículo de uma ideologia de comercialização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilton Garcia, Universidade Braz Cubas
Artista visual, Doutor em Comunicação pela ECA/USP e Pós-Doutor em Multimeios pelo IA/UNICAMP, é professor do Mestrado em Semiótica, Tecnologias da Informação e Educação da Universidade Braz Cubas – UBC. Autor de Corpo, mídia e representação: estudos contemporâneos (2005), entre outros.
Publicado
2009-12-16