Efeitos do exercício físico na qualidade de vida e na memória de usuários de drogas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2022.171170

Palavras-chave:

Qualidade de Vida, Usuários de Drogas, Recidiva, Exercício Físico

Resumo

Objetivo: analisar as alterações da capacidade cardiorrespiratória, percepção da qualidade de vida e memória de usuários de álcool e outras drogas em tratamento, em uma Comunidade Terapêutica, após a aplicação de um Programa de Exercícios Físicos (PEF). Método: participaram 33 homens adultos, com média de idade de 37 anos (±6,32), distribuídos em dois grupos: grupo de intervenção (n=19), que participaram do Programa de Exercícios Físicos, e grupo controle (n=14), que não participaram. As avaliações foram feitas no início e no final das oito semanas do Programa de Exercícios Físicos. Resultados: o aumento do Volume Máximo de Oxigênio Metabolizado pelo Organismo no grupo que participou do Programa de Exercícios Físicos foi aproximadamente 13 vezes maior que no grupo-controle. Na memória, os participantes do Programa de Exercícios Físicos obtiveram um ganho a mais de aproximadamente 16% quando comparados aos do grupo-controle. Na percepção da qualidade de vida, as diferenças foram, em média, 16% maiores no grupo que participou do Programa de Exercícios Físicos, chegando a 21% no domínio referente à percepção do ambiente que estavam. Conclusão: um Programa de Exercícios Físicos colabora positivamente na reabilitação dos processos cognitivos de aprendizagem e memória e na percepção da qualidade de vida dos indivíduos em tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-07-22

Como Citar

Appel, M. H., Machado, M. de F., & Alves, F. B. T. (2022). Efeitos do exercício físico na qualidade de vida e na memória de usuários de drogas. SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 18(2), 8-20. https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2022.171170