Depressão em pacientes atendidos em serviço de saúde mental: fatores associados e diagnósticos de enfermagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2021.171786

Palavras-chave:

Serviços de Saúde Mental, Depressão, Prevalência, Enfermagem, Diagnóstico de Enfermagem

Resumo

Objetivo: estimar a prevalência de depressão em pacientes atendidos em Centro de Atenção Psicossocial, identificar os fatores sociodemográficos e diagnósticos de Enfermagem associados ao desfecho. Método: estudo transversal, realizado entre janeiro a junho de 2018, em 370 prontuários de pacientes atendidos, no período de 2002 a 2016, em Centro de Atenção Psicossocial de um município do norte de Minas Gerais, Brasil. Com o auxílio de um instrumento, foram coletados dados clínicos, sociodemográficos e diagnósticos de Enfermagem. Os diagnósticos de Enfermagem foram validados por especialistas com suporte no raciocínio diagnóstico de Risner. Realizaram-se análises descritiva, bivariada e regressão logística. Resultados: dos 370 pacientes, 57 (15,4%) apresentaram depressão. A maioria (53,2%) era composta por indivíduos do sexo feminino e a média de idade foi de 36 anos. Os diagnósticos de Enfermagem prioritários entre os pacientes com depressão foram: humor deprimido (100%), crise (68,4%), insônia (45,6%) e risco de suicídio (49,1%). As variáveis independentes que impactaram, de forma significativa, o desfecho depressão foram: sexo feminino (p=0,012), insônia (p=0,006) e risco de suicídio (p<0,001). Conclusão: identificar precocemente possíveis fatores e diagnósticos de Enfermagem associados à pessoa com depressão poderá auxiliar na implementação de cuidados acurados a pacientes com esse problema atendidos em Centro ...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Quadros LCM, Quevedo LA, Gonçalves HD, Horta BL, Motta JVS, Gigante DP. Common Mental Disorders and Contemporary Factors: 1982 Birth Cohort. Rev Bras Enferm. 2020;73(1):e20180162. doi: http://doi. org/10.1590/0034-7167-2018-0162

Motta CCL, Moré CLOO, Nunes CHSS. Psychological assistance provided to patients diagnosed with depression in primary care. Cienc Saúde Coletiva. 2017;22(3):911-20. doi: http://doi.org/10.1590/1413-81232017223.27982015

Dalgalarrondo P. Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais. 3. ed. Porto Alegre: Artmed; 2018. 520 p

Facioli AM, Barros AB, Melo MC, Ogliari ICM, Custódio RJM. Depression among nursing students and its association with academic life. Rev Bras Enferm. 2020;73(1):e20180173. doi: http://doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0173

Fontão MC, Rodrigues J, Lino MM, Lino MM, Kempfer SS. Nursing care to people admitted in emergency for attempted suicide. Rev Bras Enferm. 2018;71(suppl 5):2199-205. [Thematic Issue: Mental health]. doi: http:// doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0219

Silva PO, Silva DVA, Rodrigues CAO, Santos NHF, Barbosa SFA, Souto VD, et al. Nursing clinical care in mental health mental. Rev Enferm UFPE On Line. 2018;12(11):3133-46. doi: http://doi. org/10.5205/1981-8963-v12i11a236214p3133-3146-2018

Oliveira RC, Silva LF, Jesus MR, Santos TJ, Evaristo TN, Ribeiro WF, et al. O cuidado clínico e o processo de enfermagem em saúde mental: revisão integrativa da literatura. Rev Eletrôn Acervo Saúde. 2020;38:e2018. doi: http://doi.org/10.25248/reas.e2018.2020

Garcia TR. Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®): versão 2017. Porto Alegre: Artmed; 2018. 264 p

Carlson J. Consensus validation process: a standardized research method to identify and link the relevant NANDA, NIC, and NOC terms for local populations. Int J Nurs Terminol Classif. 2006;17(1):23-4. doi: http://doi. org/10.1111/j.1744-618X.2006.00020.x

Félix NDC, Nascimento MNR, Ramos NM, Oliveira CJ, Nóbrega MML. Specialized nursing terminology for the care of people with metabolic syndrome. Esc Anna Nery. 2020;24(3):e20190345. doi: https://doi. org/10.1590/2177-9465-ean-2019-0345

Santana ET, Coutinho GG, Silva DVS, Bernardes TAA, Camisasca LR, Gusmão ROM, et al. Nursing diagnoses of NANDA-I taxonomy for the elderly in a long-term institution. Esc Anna Nery. 2021;25(1):e20200104. doi: https://doi. org/10.1590/2177-9465-ean-2020-0104

Risner PB. Diagnosis: analysis and synthesis of data. In: Griffith-Kenney JW, Christensen PJ, editors. Nursing process application of theories, frameworks, and models. 2ª ed. St. Louis: Mosby; 1986. p. 124-51

Christensen PJ, Kenney JW, editors. Nursing process: application of conceptual models. 4ª ed. St. Louis: Mosby; 1995

Carvalho EC, Dalm C, Herdman TH. Contribuição das linguagens padronizadas para a produção do conhecimento, raciocínio clínico e prática clínica da Enfermagem. Rev Bras Enferm. 2013;66(esp):134-41. doi: http://dx.doi. org/10.1590/S0034-71672013000700017

Borba LO, Maftum MA, Vayego AS, Kalinke LP, Ferreira ACZ, Capistrano FC. The mental disorder profile of patients treated at the center for psychosocial care (CAPS). Reme. 2017;21:e-1010. doi: http://doi. org/10.5935/1415-2762.20170020

Martins MAC, Hostalácio AM, Silva VLQ, Rosa WAG, Almeida DA. Perfil dos pacientes atendidos em um centro de atenção psicossocial, em Passos MG. Libertas. [Internet]. 2014 [Acesso 31 jul 2020];4(2):121-34. Disponível em: http://www.libertas.edu.br/revistas/index.php/ri clibertas/ article/view/59/55

Paiva RPN, Aguiar ASC, Cândido DA, Monteiro ARM, Almeida PC, Roscoche KGC, et al. Análise do perfil de usuários atendidos em um centro de atenção psicossocial.

J Health NPEPS. 2019;4(1):132-43. doi: http://doi. org/10.30681/252610103360

World Health Organization (SWI). Depression and Other Common Mental Disorders – Global Health Estimates [Internet]. Geneva: World Health Organization; 2017 [cited 2019 July 31]. 24 p. Available from: http://apps.who.int/ iris/bitstream/10665/254610/1/ WHO-MSD-MER-2017.2- eng.pdf?ua=1

Boing AF, Melo GR, Boing AC, Moretti-Pires RO, Peres KG, Peres MA. Association between depression and chronic diseases: results from a population-based study. Rev Saúde Pública. 2012;46(4). doi: http://doi.org/10.1590/ S0034-89102012005000044

Magalhães LS, Andrade SMO. Depressão e Comportamento Suicida: Atenção Primária em Saúde. Rev Psicol Saúde. 2019;11(1):99-107. doi: http://doi. org/10.20435/pssa.v11i1.592

Jafelice GT, Marcolan JF. The multiprofessional work in the Psychosocial Care Centers of São Paulo State. Rev Bras Enferm. 2018;71(suppl 5):2259-66. doi: http://doi. org/10.1590/0034-7167-2017-0300

Nascimento LA, Leão A. Estigma social e estigma internalizado: a voz das pessoas com transtorno mental e os enfrentamentos necessários. Hist Cienc Saúde Manguinhos. 2019 [Acesso 7 set 2020];26(1):103-21. doi: https://doi. org/10.1590/s0104-59702019000100007

Santos SA, Carnut L. Trabalho, sentidos e saúde mental: percepção de participantes em um projeto para geração de renda. Semina: Ciênc Soc Hum. 2018 [Acesso 7 set 2020];39(2):159-80. doi: http://dx.doi. org/10.5433/1679-0383.2018v39n2p159

Cruz LS, Carmo DC, Sacramento DMS, Almeida MSP, Silveira HF, Ribeiro Júnior HL. Perfil de pacientes com transtornos mentais atendidos no Centro de Atenção Psicossocial do Município de Candeias – Bahia. Rev Bras Cienc Saúde. 2016;20(2)93-8. doi: http://doi.org/10.4034/ RBCS.2016.20.02.01

Rombaldi AJ, Silva MC, Gazalle FK, Azevedo MR, Hallal PC. Prevalência e fatores associados a sintomas depressivos em adultos do sul do Brasil: estudo transversal de base populacional. Rev Bras Epidemiol. 2010;13(4):620-9. doi: http://doi.org/10.1590/S1415-790X2010000400007

Stopa SR, Malta DC, Oliveira MM, Lopes CS, Menezes PR, Kinoshita RT. Prevalence of self-reported depression in Brazil: 2013 National Health Survey results. Rev Bras Epidemiol. 2015;18(Supl 2):170-80. doi: http://doi. org/10.1590/1980-5497201500060015

Hiany N, Vieira MA, Gusmão ROM, Barbosa SFA. Perfil Epidemiológico dos Transtornos Mentais na População Adulta no Brasil: uma revisão integrativa. Rev Enferm Atual. 2018 [Acesso 31 jul 2019];86. Disponível em: http://revistaenfermagematual.com/arquivos/ED_86_ REVISTA_24/42.pdf

Gonçalves AMC, Teixeira MTB, Gama JRA, Lopes CS, Silva GA, Gamarra CJ, et al Prevalência de depressão e fatores associados em mulheres atendidas pela Estratégia de Saúde da Família. J Bras Psiquiatr. 2018;67(2):101-9. doi: http://doi.org/10.1590/0047-2085000000192

Conselho Federal de Enfermagem (BR). Resolução Nº 358 do Conselho Federal de Enfermagem, de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências. [Internet]. Brasília; 2009 [Acesso 29 set 2018]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resoluo-cofen-3582009_4384.html

Silva DVA, Sousa INM, Rodrigues CAO, Pereira FAF, Gusmão ROM, Araújo DD de. Nursing diagnoses in a home-based program: cross-mapping and NANDA-I Taxonom. Rev Bras Enferm. 2019;72(3):584-91. doi: http://doi. org/10.1590/0034-7167-2018-0323

Garcia TR, Cubas MR, organizadores. Diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem: subsídios para a sistematização da prática profissional. Rio de Janeiro: Elsevier; 2012

Antunes RJS, Manso FGCR. Diagnósticos de enfermagem num serviço de urgência psiquiátrica: contributos para a sistematização dos cuidados. Rev Enferm Ref. [Internet]. 2017;4(14):27-38. doi: http://doi.org/10.12707/RIV17040

Lopes JM, Fernandes SGG, Dantas FG, Medeiros JLA. Associação da depressão com as características sociodemográficas, qualidade do sono e hábitos de vida em idosos do Nordeste brasileiro: estudo seccional de base populacional. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2015; 18(3):521- 31. doi: https://doi.org/10.1590/1809-9823.2015.14081

Garcia TR, Bartz CC, Coenen A. CIPE®: uma linguagem padronizada para a prática professional. In: Garcia TR, organizadora. Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem – CIPE®: aplicação à realidade brasileira. Porto Alegre: Artmed; 2017

Gonçalves AMC, Teixeira MTB, Gama JRA, Lopes CS, Silva GA, Gamarra CJ, et al. Prevalência de depressão e fatores associados em mulheres atendidas pela Estratégia de Saúde da Família. J Bras Psiquiatr. 2018 [Acesso 31 jul 2020];67(2):101-9. doi: https://doi. org/10.1590/0047-2085000000192

Assumpção GLS, Oliveira LA, Souza MFS. Depressão e suicídio: uma correlação. Rev Pretextos. 2018 [Acesso 31 jul 2020];3(5):312-33. Disponível em: http://periodicos. pucminas.br/index.php/pretextos/article/view/15973

Cutcliffe JR. Research endeavours into suicide: a need to shift the emphasis. Br J Nurs. 2003;12(2):92-9. doi: http://doi.org/10.12968/bjon.2003.12.2.11058

Chachamovich E, Stefanello S, Botega N, Turecki G. Which are the recent clinical findings regarding the association between depression and suicide? Rev Bras Psiquiatr. 2009;31(Supl I):S18-25. doi: http://doi. org/10.1590/S1516-44462009000500004

Fernandes FY, Freitas BHBM, Marcon SR, Arruda VL, Lima NVP, Bortolini J, et al. Suicide trend among Brazilian adolescents between 1997 and 2016. Epidemiol Serv Saúde. 2020;29(4):e2020117. doi: https://doi.org/10.1590/ SciELOPreprints.964

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, Área Técnica de Saúde Mental. Prevenção do Suicídio: manual dirigido a profissionais das equipes de saúde mental. [Internet]. Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana da Saúde; 2006 [Acesso 31 jul 2019]. 76 p. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_ editoracao.pdf

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Gusmão, R. O. M., Santos, N. H. F., Silva, D. V. A. ., Moreira, D. F. N., Vieira, M. A., & Araújo, D. D. de. (2021). Depressão em pacientes atendidos em serviço de saúde mental: fatores associados e diagnósticos de enfermagem. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 17(2), 44-53. https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2021.171786