Conhecimento de vereadores acerca do uso do álcool e repercussões sobre a saúde dos usuários

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2022.173460

Palavras-chave:

Conhecimento;, Transtornos induzido por álcool, Bebidas alcóolicas, Lei orgânica, Direitos humanos

Resumo

Objetivo: descrever o conhecimento dos vereadores
acerca do uso do álcool e as repercussões sobre a saúde dos usuários. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, desenvolvido na Câmara de Vereadores de um município no extremo norte brasileiro, na região Amazônica. Os dados foram obtidos por meio de uma entrevista com roteiro semiestruturado, processados no software IRaMuTeQ e analisados na nuvem de palavra, mediante a análise de similitude e a Classificação Hierárquica Descendente, por meio do dendrograma. Resultados: a palavra destaque foi “não”, demonstrando uma desaprovação, por parte dos legisladores, acerca do uso de álcool pela população e as repercussões negativas na saúde dos usuários, bem como uma limitação de conhecimento científico e técnico acerca da temática, expondo, na maioria, ideias que são apenas de senso comum e de maneira generalizada. Conclusão: aponta a necessidade de criação de um núcleo de capacitação parlamentar a fim implementar políticas eficazes à população usuária de álcool.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Matos Fernandes Castelo-Branco, Universidade Federal do Amapá, Coordenação do Curso de Enfermagem, Oiapoque, AP, Brasil

Possui graduação em Enfermagem pelo Centro Universitário UNINOVAFAPI (2004). Especialista em Saúde Mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) , Programa de Saúde da Família (FACISA), Revisão Sistemática e Metanálise (USP) e em Álcool e outras Drogas (USP). Mestre em Saúde da Família pelo Centro Universitário UNINOVAFAPI. Pós doutora em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Doutora pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem - PPGE do Departamento de Enfermagem Materno-infantil e Psiquiátrica da Universidade de São Paulo (USP), membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem em Adicções - Álcool & outras drogas (NEPEAA) - CNPq. Professora Adjunta da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP (Campus Binacional)Tem experiência nas áreas de Saúde Mental, Álcool e outras

Tancredo Castelo Branco Neto, Universidade Federal do Amapá, Coordenação do Curso de Direito, Oiapoque, AP, Brasil.

Possui graduação em Bacharelado em Direito pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI (2009). Especialização em Direito Civil e em Direito Processual Civil pelo Centro de Ensino Unificado de Teresina - CEUT (2011). Mestre em Saúde da Família pelo Centro Universitário UNINOVAFAPI. Atualmente é Professor efetivo do Magistério Superior da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP - Campus Binacional. Foi Coordenador do Núcleo de Prática Jurídica -NPJ.

Fabio Rodrigues Trindade, Universidade Federal do Piauí, Departamento de Enfermagem, Teresina, PI, Brasil.

Doutor em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (2018), Mestre em Gerontologia pela Universidade Católica de Brasilia (2013), especialização em Enfermagem do Trabalho pela Faculdade de Tecnologia Internacional (2010), graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual do Piauí (2007) e graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Piauí (2005). Professor efetivo do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP campus Binacional (2019) e atualmente professor do curso de Enfermagem na Universidade Federal do Piauí. Vice líder do grupo: Aspectos físicos, biológicos, epidemiológicos, educacionais e tecnológicos do envelhecimento.

Ivonizete Pires Ribeiro, Centro Universitário UNINOVAFAPI, Teresina, PI, Brasil.

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Piauí (1987) e doutorado em Medicina Tropical pela Universidade Federal de Goiás (2014). Atualmente é professora Titular do Instituto de Ensino Superior do Piauí Ltda - Centro Universitário UNINOVAFAPI, professora Adjunto da Universidade Estadual do Piauí, Enfermeira estatutária do Hospital Getúlio Vargas. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Cirurgia Ocular, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, insuficiência renal crônica, infecção hospitalar; diretrizes curriculares, orientações pós alta e perfil de saúde.

Fabricio Ibiapina Tapety, Centro Universitário UNINOVAFAPI, Teresina, PI, Brasil.

Cirurgião-dentista pela Universidade Federal do Piauí (1995), PhD em Clinical Dentistry pela Niigata University/Japão (2003)- legalmente revalidado no Brasil pela USP/Bauru como DOUTORADO em Reabilitação Oral. Pós-doutor em Implantodontia pela Johannes Gutenberg Univeristy em Mainz/Alemanha. Especialista em Bioética e Direitos Humanos pelo Instituto Camillo Filho/ ANIS (2010). Atualmente é professor Titular -Tempo Integral (TI)- do Centro Universitário UNINOVAFAPI, Professor Adjunto I de Anatomia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI/FACIME). Tem experiência na área de odontologia clínica, com ênfase em reabilitação oral, implantodontia e cirurgia, atuando principalmente nos seguintes temas: odontologia clínica, Odontogeriatria, pacientes portadores de necessidades especiais, implantodontia, enxerto ósseo e regeneração óssea. Tem experiência também na área de anatomia, histologia e embriologia, com ênfase em técnicas histológicas (Histoquímica e imunohistoquímica). Atualmente concentra seu interesse em pesquisas relacionadas à Biossegurança, Bioética, Biomateriais e Saúde da Família. Foi membro do Comitê de Ética em Pesquisa -CEP/UNINOVAFAPI e é membro da Comissão de Ética e Uso de Animais-CEUA/UNINOVAFAPI, Presidente da comissão de Biossegurança da UNINOVAFAPI, membro do International Team for Implantology (ITI) e membro da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB). É especialista em Educação à Distância (EAD) pela UNINOVAFAPI e Professor do curso de Mestrado Profissional em Saúde da Família do Centro Universitário UNINOVAFAPIPi. Professor Liaison (conector) da Niigata University/Japan.

Rauirys Alencar de Oliveira, Centro Universitário UNINOVAFAPI, Teresina, PI, Brasil.

DOUTOR em Engenharia Biomédica. MESTRADO em Doenças Tropicais e Infecciosas pela UEA. Possui graduação em FISIOTERAPIA e DIREITO. Especialista em Fisioterapia Pneumofuncional pela UFPA, em Direito Administrativo UCAM, MBA em Administração Hospitalar e Serviços de Saúde. Docente do Mestrado Profissional em Saúde da Família do Centro Universitário UNINOVAFAPI. Professor Titular e Coordenador do Curso de Fisioterapia do Centro Universitário UNINOVAFAPI e Professor Adjunto da Universidade Estadual do Piauí - UESPI. Ex-membro da Comissão de Direito da Saúde da OAB-PI.

Publicado

2022-06-09

Como Citar

Matos Fernandes Castelo-Branco, F. ., Castelo Branco Neto, T., Rodrigues Trindade, F. ., Pires Ribeiro, I. ., Ibiapina Tapety, F. ., & Alencar de Oliveira, R. (2022). Conhecimento de vereadores acerca do uso do álcool e repercussões sobre a saúde dos usuários. SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 18(1), 26-36. https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2022.173460