A arte enquanto possível direção do tratamento na clínica da psicose

relato de caso

Autores

  • Melina DelArco Oliveira Universidade São Paulo; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; Hospital das Clínicas; Unidade de Álcool e Drogas do Serviço Ambulatorial de Clínica Psiquiátrica

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.v2i2p01-17

Palavras-chave:

Psicose, Abuso de Drogas, Psicanálise, Terapia Pela Arte, Relato de Caso

Resumo

Em um CAPS para usuários de álcool e drogas, um paciente psicótico de 29 anos apresenta importante comorbidade e se endereça a um trabalho terapêutico com a arte. Na oficina de arte, ele reconstrói um personagem do mundo futebolístico e restaura seus projetos e inserção social. À luz da teoria lacaniana, o analista testemunhou essa produção de modo que o próprio sujeito pôde significá-la em busca de sentidos para si. Dessa forma, a arte pode contribuir para a reconstituição de sentidos para o sujeito psicótico e a exposição da obra artística pode expurgar o anonimato do sujeito ao inscrevê-lo no público, desviando o olhar estigmatizante do Outro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-08-01

Como Citar

Oliveira, M. D. (2006). A arte enquanto possível direção do tratamento na clínica da psicose: relato de caso. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 2(2), 01-17. https://doi.org/10.11606/issn.1806-6976.v2i2p01-17

Edição

Seção

Artigo Original de Chamada