Da janela do Clarimundo: a condição do intelectual em Erico Verissimo

  • Marcos Scheffel Universidade Federal do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação
Palavras-chave: Erico Verissimo, Caminhos cruzados, o intelectual de 30, o escritor de 30

Resumo

Em Caminhos cruzados (1934), segundo romance de Erico Verissimo, várias personagens transitam pela capital gaúcha. Uma delas problematiza dilemas da intelectualidade brasileira: o professor Clarimundo Roxo. Este artigo tem por objetivo debater a função desempenhada por essa personagem no que se refere à representação do intelectual e seus dilemas na obra de Erico Verissimo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Scheffel, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação
é professor adjunto na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Publicado
2015-06-18
Como Citar
Scheffel, M. (2015). Da janela do Clarimundo: a condição do intelectual em Erico Verissimo. Teresa, (16), 75-90. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/115416