A presença do amor em Vidas secas

Autores

  • Luís Bueno Universidade Federal do Paraná

Palavras-chave:

Graciliano Ramos, Vidas secas, amor

Resumo

A pergunta que precisa ser feita se se quiser compreender o amor em Vidas secas é esta: quem sabe lá como são as coisas? Quem sabe lá como se sente amor? É esse o traço essencial do amor “diferente” que se vê na obra de Graciliano Ramos: por se constituir no conjunto amplo das preocupações, frustrações e anseios das personagens, ele repele a ideia de uma pureza essencial do indivíduo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luís Bueno, Universidade Federal do Paraná

é professor da Universidade Federal do Paraná

Downloads

Publicado

2015-06-18

Como Citar

Bueno, L. (2015). A presença do amor em Vidas secas. Teresa, (16), 135-150. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/115420