O sentido político do realismo de Machado de Assis na crítica literária dos anos 1970: os ensaios de Carlos Nelson Coutinho

Autores

  • Gabriela Manduca Ferreira Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Crítica machadiana, Ditadura civil-militar, Realismo

Resumo

O presente estudo observa as interpretações do realismo machadiano construídas pela crítica literária durante os anos 1970. Mais especificamente, o artigo analisa os ensaios sobre literatura de Carlos Nelson Coutinho, a fim de investigar o sentido político dos estudos sobre o realismo machadiano no período da ditadura civil-militar brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Manduca Ferreira, Universidade de São Paulo

Doutoranda em Literatura Brasileira pelo Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2018-03-08

Como Citar

Ferreira, G. M. (2018). O sentido político do realismo de Machado de Assis na crítica literária dos anos 1970: os ensaios de Carlos Nelson Coutinho. Teresa, (18), 117-132. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/127468