Hermanos e irmãos: As relações literárias entre os românticos argentinos e brasileiros durante o romantismo

  • Maria Eunice Moreira Pontifícia Universidade Católica (RS)
Palavras-chave: istória da literatura, romantismo brasileiro, romantismo argentino

Resumo

O texto analisa a troca de ideias entre escritores românticos do Brasil e da Argentina sobre a nascente história da literatura nos dois países. Tanto os argentinos conheceram os textos dos brasileiros quanto estes leram a produção dos hermanos, sobretudo no período em que a Argentina vivia sob o domínio da ditadura de Rosas, e o Brasil vivenciava os tempos áureos do Segundo Reinado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eunice Moreira, Pontifícia Universidade Católica (RS)
Maria Eunice Moreira é professora na Pontifícia Universidade Católica (RS) e editora da revista Letras de Hoje, do Programa de Pós-Graduação em Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (pucrs); e da revista binacional Navegações – Revista de Cultura e Literaturas de Língua Portuguesa, juntamente com Vania Pinheiro (Universidade de Lisboa), desde 2007. Organizou Gonçalves Dias e a crítica portuguesa no século XIX (Portugal: Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa, 2010) entre outros.
Publicado
2013-12-23
Como Citar
Moreira, M. (2013). Hermanos e irmãos: As relações literárias entre os românticos argentinos e brasileiros durante o romantismo. Teresa, (12-13), 79-93. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/99059