Sobre o instinto de americanidade da crítica literária romântica brasileira: Antonio de Macedo Soares (1838-1905)

  • Luiz Roberto Cairo Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Palavras-chave: instinto de americanidade, romantismo brasileiro, Antonio Joaquim de Macedo Soares (1838-1905)

Resumo

O presente trabalho pretende refletir sobre o americanismo ou instinto de americanidade, sentimento de pertença ao continente americano, que se manifesta paralelamente à construção da nacionalidade na literatura, conforme se observa na leitura de textos de críticos românticos brasileiros, como Macedo Soares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Roberto Cairo, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Luiz Roberto Cairo é professor de Literatura Brasileira e Literatura Comparada no Curso de Graduação e no Programa de Pós-Graduação em Letras da Unesp-Assis. Autor de O salto por cima da própria sombra: o discurso crítico de Araripe Júnior – uma leitura (Annablume, 1996) e de ensaios e artigos de crítica e história literária publicados em coletâneas e periódicos nacionais e estrangeiros.
Publicado
2013-12-23
Como Citar
Cairo, L. (2013). Sobre o instinto de americanidade da crítica literária romântica brasileira: Antonio de Macedo Soares (1838-1905). Teresa, (12-13), 257-270. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/99373