Caramuru, o mito: conquista e conciliação

  • David Treece King’s College London
Palavras-chave: Caramuru, Santa Rita Durão, romantismo

Resumo

Este ensaio procura traçar a história do mito do Caramuru, considerando que as versões de Santa Rita Durão e de outros expressam atitudes diversas em relação à colonização e à nacionalidade. Fundamental para essa história é a reavaliação importante que o mito sofreu no século XIX, quando o romantismo e a ideologia liberal rejeitaram a noção de conciliação racial que se situa no centro da lenda do Caramuru.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

David Treece, King’s College London
David Treece é professor do Department of Portuguese and Brazilian Studies do King’s College London e autor de Exilados, aliados e rebeldes: o movimento indianista, a política indigenista e o Estado-nação imperial (São Paulo: Nankin Ed./edusp, 2008) e The gathering of voices: the twentieth-century poetry of Latin America (London/New York: Verso Books, 1993), escrito em parceria com Mike González.
Publicado
2013-12-23
Como Citar
Treece, D. (2013). Caramuru, o mito: conquista e conciliação. Teresa, (12-13), 307-344. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/99394