Entre texto e contexto: a ambiguidade do romance Os brahamanes (1866), de Francisco Luís Gomes

  • Hélder Garmes Universidade de São Paulo

Resumo

O presente artigo faz um recorte na crítica acerca do romance Os brahamanes (1866), de Francisco Luís Gomes (1829-69), e discute sua composição formal e ideológica. Primeiramente, apresentam-se o autor, o romance e o contexto de sua publicação, tendo em vista o pouco conhecimento que se tem da obra. Posteriormente, comentam-se os textos de alguns críticos que já se debruçaram sobre o romance. Ao final, fazem-se algumas observações sobre a forma ambígua desse romance e sobre o sentido de estudá-lo na atualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hélder Garmes, Universidade de São Paulo
Helder Garmes é professor de literatura portuguesa e estudos comparados de literaturas de língua portuguesa, autor de Romantismo paulista (Alameda Casa Ed., 2006) e organizador do volume Oriente, engenho e arte (Alameda Casa Ed., 2004).
Publicado
2013-12-23
Como Citar
Garmes, H. (2013). Entre texto e contexto: a ambiguidade do romance Os brahamanes (1866), de Francisco Luís Gomes. Teresa, (12-13), 345-361. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/99397