Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Interpretação automática ou tradução automática de fala: conceitos, definições e arquitetura de software

Flávio de Sousa Freitas, Marileide Dias Esqueda

Resumo


A interpretação automática (IA), ou tradução automática de fala, é uma tecnologia que traduz discurso oral de uma língua para outra através de três funcionalidades acopladas em um único sistema computacional: reconhecimento automático de fala, tradução automática e síntese de fala. Apresentado pela primeira vez em 1983, durante a convenção ITU Telecom, em Genebra, o conceito de IA veicula a ideia de sistemas capazes de promover a comunicação entre pessoas que falam línguas diferentes de forma espontânea e eficaz (Lee 2015). A IA e seus sistemas, todavia, ainda são escassamente estudados, especialmente na área de Estudos de Interpretação, sendo difundidos, em sua maioria, na área de Ciências da Computação (Pöchhacker 2004). Desse modo, o objetivo geral deste trabalho é apresentar os resultados de uma pesquisa bibliográfico-documental, que teve como proposta investigar como a IA é concebida pelos teóricos que a estudam.

Palavras-chave


Interpretação Automática; tradução automática de fala; tecnologias de interpretação automática

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v29i0p104-145

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.