A tradução de regionalismos em A Duel of Farrapos, de João Simões Lopes Neto

  • Fernanda Saraiva Frio UFSC
Palavras-chave: Estratégias de tradução, Regionalismo, Simões Lopes Neto

Resumo

Este trabalho objetiva analisar as estratégias empregadas na tradução do conto Duelo de Farrapos, do escritor João Simões Lopes Neto. A obra desse escritor é marcada por um dialeto pampeano, repleta de regionalismos e platinismos, resultado do contato direto com os países vizinhos Uruguai e Argentina. Neste artigo, busca-se observar como se deu a tradução das categorias culturais (Aixelá, 1996) presentes no texto, isto é, dos itens que possuem uma conotação particular acessível somente a uma determinada comunidade linguística. A tradução do conto foi realizada pelas tradutoras Rosalia Neumann Garcia e Carolina Kuhn Facchin, ligadas ao curso de Tradução da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A análise dos dados mostra que houve um esforço em manter as referências culturais, ora substituindo-as por referências mais gerais, ora utilizando referentes culturais semelhantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Saraiva Frio, UFSC

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina (PGET-UFSC). Sua pesquisa concentra-se na área de Estudos Sistêmico-Funcionais da Tradução e Tradução Teatral.

Publicado
2019-05-28
Como Citar
Frio, F. (2019). A tradução de regionalismos em A Duel of Farrapos, de João Simões Lopes Neto. Tradterm, 33, 54-69. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.v33i0p54-69
Seção
Artigos