Quando traduzir é (re)escrever (um)a história: o papel dos intérpretes na Comissão da Verdade na África do Sul

Autores

  • Viviane Veras Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2013.59429

Palavras-chave:

Intérprete, tradução, história, Comissão da verdade e Reconciliação da África do Sul

Resumo

A Comissão da Verdade e Reconciliação da África do Sul tem por objetivo fazer, com palavras, uma transição pacífica do regime do apartheid para a democracia, buscando no relato das vítimas/sobreviventes e dos autores de graves crimes contra a humanidade, uma verdade e uma possibilidade de reconciliação. Este trabalho discute o papel dos tradutores e intérpretes na (re)escrita da história do povo sul-africano. Esses profissionais são tomados aqui como testemunhas imprescindíveis para a realização dos trabalhos da Comissão, atestando com suas vozes, que se espalham por todas as comunidades do país, que são eles que tornam possível, literalmente, a trans-missão de tudo o que vai ser registrado e transcrito para integrar os sete volumes do relatório final (TRC Report), construindo o arquivo do passado que dá lugar à democracia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Veras, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Letras Português-Inglês pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1972), mestrado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1989) e doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1999). Atualmente é professora do Departamento de Lingüística Aplicada-IEL, Unicamp, na área de Tradução. Tem experiência em Teoria e Análise Lingüística, Tradução e Psicanálise, Revisão e Preparação de textos, trabalhando principalmente com os seguintes temas: teorias e técnicas de tradução e interpretação, aquisição de linguagem (relação língua materna/língua estrangeira), linguagem e psicanálise.

Downloads

Publicado

2013-08-04

Como Citar

Veras, V. (2013). Quando traduzir é (re)escrever (um)a história: o papel dos intérpretes na Comissão da Verdade na África do Sul. Tradterm, 21, 257-282. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9511.tradterm.2013.59429

Edição

Seção

Artigos