Formações nacionais de classe e raça

  • Antonio Sérgio Alfredo Guimarães Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Classes sociais, radicalização, formação racial, formação nacional

Resumo

Neste texto, proponho a releitura de dois conceitos-chave nos estudos históricos sobre racismo e movimentos sociais negros nas Américas - racialização e formação racial -, examinando-os à luz das teorias das classes sociais e da formação de grupos sociais em geral. Meu ponto de partida é de que esses conceitos não podem ser operacionalizados na análise de processos históricos senão em concomitância com análises concretas de formações nacionais e de classes. Tomo o Brasil moderno e contemporâneo para sustentar empiricamente os processos históricos que podem fundamentar empiricamente a minha proposta conceitual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Sérgio Alfredo Guimarães, Universidade de São Paulo
Possui graduação (1972) e mestrado (1982) em ciências sociais pela Universidade Federal da Bahia e doutorado em sociologia pela University of Wisconsin – Madison (1988). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo.
Publicado
2016-09-06
Como Citar
Guimarães, A. S. (2016). Formações nacionais de classe e raça. Tempo Social, 28(2), 161-182. https://doi.org/10.11606/0103-2070.ts.2016.109752
Seção
Dossiê - Classes Sociais e Desigualdades: sociabilidade, cultura, política