Censos e construção nacional no Brasil Imperial

Autores

  • Tarcisio R. Botelho

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0103-20702005000100014

Palavras-chave:

Censo, Construção nacional, Construção do Estado, Brasil Imperial

Resumo

Este artigo analisa como o tema "nação" se articulou, no século XIX, com as tentativas de realizar os primeiros levantamentos censitários brasileiros, especialmente em 1852 e em 1872. Traça-se um paralelo entre a necessidade sentida pela elite política nacional de realizar censos gerais e o processo de construção da nação, que acompanha o processo de construção do Estado. Identificando já no século XIX o início desse processo, procuro mostrar que os censos podem ser pensados como elementos articulados a ele. Da mesma forma, o Recenseamento Geral do Império de 1872 forneceu pela primeira vez um retrato da nação no que diz respeito ao povo que a constituía, realizando uma significativa representação da nação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-06-01

Como Citar

Botelho, T. R. (2005). Censos e construção nacional no Brasil Imperial . Tempo Social, 17(1), 321-341. https://doi.org/10.1590/S0103-20702005000100014

Edição

Seção

Análises