Jovens europeus: retrato da diversidade

  • José Machado Pais Universidade de Lisboa; Instituto de Ciências Sociais
  • David Cairns Universidade de Lisboa; Instituto de Ciências Sociais
  • Lia Pappámikail Universidade de Lisboa; Instituto de Ciências Sociais
Palavras-chave: Juventude, Europa, Transições para a vida adulta

Resumo

Este artigo explora as transições para a vida adulta de jovens de várias regiões européias a partir de dados de uma pesquisa recente, baseada em um questionário. Para isso aplicaram-se análises tipológicas e fatoriais: das primeiras emergiram cinco grupos, tipificando distintas transições, orientações atitudinais e sociografias juvenis; das segundas resultaram contrastes fatoriais que evidenciam diferentes modalidades de transição. Essas análises - tipológicas e fatoriais - foram complementadas com análises qualitativas de entrevistas aprofundadas realizadas em uma amostra dos jovens inquiridos e seus respectivos pais. As triangulações analíticas ilustram a diversidade das transições, interpretadas à luz dos processos sociais (como a individualização e a reprodução social) e dos contextos de socialização (familiar, educacional, cultural).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2005-11-01
Como Citar
Pais, J., Cairns, D., & Pappámikail, L. (2005). Jovens europeus: retrato da diversidade . Tempo Social, 17(2), 109-140. https://doi.org/10.1590/S0103-20702005000200006
Seção
Análises