A Pequena história da literatura Brasileira: provocação ao modernismo

  • André Botelho UFRJ; IFCS; Departamento de Sociologia Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia
Palavras-chave: Modernismo, Historiografia literária, Renovação estética, Construção nacional, Cultura e sociedade no Brasil

Resumo

O texto analisa a Pequena história da literatura brasileira, de Ronald de Carvalho, procurando explicitar seu contexto intelectual: de um lado, a tradição da historiografia literária que lhe lega as principais referências e convenções; de outro, a conjuntura crítica de reflexão sobre o sentido que a cultura e a sociedade brasileira estavam tomando, na qual se nutriram a sensibilidade e a imaginação modernistas. Esse recurso metodológico permite discutir como, a partir da defesa da "simplicidade" da linguagem literária - cujo sentido particular também é qualificado neste artigo -, o livrocontribuiu para a rotinização de uma agenda de renovação estética e cultural

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-11-01
Como Citar
Botelho, A. (2011). A Pequena história da literatura Brasileira: provocação ao modernismo . Tempo Social, 23(2), 135-161. https://doi.org/10.1590/S0103-20702011000200006
Seção
Dossiê - Crítica Literária