Imagens do futuro

Risco e responsabilização na gerência neoliberal do amanhã

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/0103-2070.ts.2020.160462

Palavras-chave:

Imagens do futuro, Antecipação, Risco, Responsabilização, Neoliberalismo

Resumo

Fenômeno histórico e global, o senso contemporâneo de futuro se afasta, em vários sentidos, daquele experimentado em outros (futuros) passados. Atuando como uma espécie de máquina na biopolítica dos possíveis, tem efeitos capilares no cotidiano do sujeito. Trata-se de uma hipervisibilidade do futuro em que imagens pretensamente precisas participam da instalação da antecipação como um programa geral necessário à cultura do risco. Nessa governamentalidade neoliberal, entretanto, nem todos os riscos previstos podem (ou devem) ser visíveis: um gradiente hermenêutico acerca desses riscos e “não riscos” instala-se na vida cotidiana. Realidade que enfraquece as coletividades e reduz o espectro do possível aos diagramas econômicos do capitalismo tardio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Linhares Sanz, Universidade de Brasília (UnB)

Professora da UnB. Fez pós-doutorado no Zentrum für Literatur-und Kulturforschung (ZFL), em Berlim, desenvolvendo a pesquisa Images of the future and contemporary education (2017/2018). Líder do grupo de pesquisa Imagem, Tecnologia e Subjetividade (CNPq). Doutora em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense com pesquisa no Instituto Max Plank de História da Ciência em Berlim.

Mirella Pessoa, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Doutoranda pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFPE e mestre pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade de Brasília, onde apresentou o trabalho Faces do futuro: imagens da velhice no regime de visibilidade contemporâneo, desenvolvido com apoio financeiro de bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Faz parte do grupo de pesquisa Imagem, Tecnologia e Subjetividade (CNPq)

Referências

Adam, B. & Groves, C. (2007), Future matters: action, knowledge, ethics. Leiden, Brill.
Adams, Tim. (11/12/2015), “My father had one job in his life, I’ve had six in mine, my kids will have six at the same time”. The Guardian. Disponível em <http://bit.ly/2IsU8x9>, consultado em 27/04/2020.
Agamben, G. (2009), “O que é um dispositivo”. In: O que é o contemporâneo e outros ensaios. Chapecó, Argos.
Agamben, G. (25/01/2019), Intervenção no programa Chiodo Fisso da rádio Rai 3. Disponível em http://bit.ly/2WmLRPi, consultado em 03/05/2019.
Amara, R. (1974), “The futures field: functions, forms, and critical issues”. Futures, 6 (4): 289-301.
Amorin, Felipe. (06/08/2019), “‘Não podemos aterrorizar’ sobre agrotóxicos, diz ministra da Agricultura”. Uol. Disponível em <https://bit.ly/2S8eeRr>, consultado em 27/04/2020.
Ariza, Luiz Miguel. (14/02/2019), “Exame de sangue detecta tumores 15 anos antes de seu surgimento”. El País.Disponível em <http://bit.ly/2D9lMMh>, consultado em 27/04/2020.
Baudrillard, Jean. (1991), Simulacros e simulação. Lisboa, Relógio D’Água.
Baumgartner, Natalie. (11/04/2019), “Change is the new normal: how to build a resilient work place”. Forbes. Disponível em <http://bit.ly/2UeSCkk>, consultado em 27/04/2020.
Bell, Wendell. (1997), Foundations of futures studies, 2 vols. (History, Purposes, knowledge; values, objectivity, and the good society). New Brunswick, Transaction Publishers.
Beck, U. (2010), Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo, Editora 34.
Branner, Samuel & Hicks, Kathleen. (07/03/2020), “We predicted a coronavirus pandemic. Here’s what policymakers could have seen coming”. Politico. Disponível em <https://politi.co/2AdNWqU>, consultado em 27/04/2020.
Bruno, F. (2013), Máquinas de ver, modos de ser: vigilância, tecnologia e subjetividade. Porto Alegre, Sulinas.
Carroll, Dennis et al. (2018), “The global virome project”. Science, 359 (6378): 872-874.
Castro-Gómez, Santiago. (2010), Historia de la gubernamentalidad. Razón de Estado, liberalismo y neoliberalismo en Michel Foucault/Santiago Castro-Gómez. Bogotá, Siglo del Hombre Editores/Pontificia Universidad Javeriana/Instituto Pensar/Universidad Santo Tomás de Aquino.
Dardot, Pierre & Laval, Christian. (2016), A nova razão do mundo: ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo, Boitempo.
Defert, Daniel. (1991), “‘Popular life” and insurance technology”. In: Burchell, G; Gordon, C. E. & Miller, P. (orgs.). The Foucault effect: studies in governmentality. Chicago, The University of Chicago Press.
Deleuze, G. (1996), “O que é um dispositivo?”. In: O mistério de Ariana. Lisboa, Vega, pp. 83-96.
Dunker, Christian. (2015), Mal-estar, sofrimento e sintoma: uma psicopatologia do Brasil entre muros. São Paulo, Boitempo.
Dunker, Christian. (25/04/2016), Neoliberalismo e sofrimento psíquico [Arquivo de vídeo]. Disponível em <http://bit.ly/2va5xKn>, consultado em 27/04/2020.
Epsc (European Political Strategy Centre). (2016), “The future of work: Skills and resilience for a world of change”. Epsc Strategic Notes. Luxembourg, Publications Office of the European Union, issue 13. Disponível em <http://bit.ly/2ZnIl9c>, consultado em 27/04/2020.
Escola Concept. (2018), Digital fluency – Escola Concept is awarded as an Apple Distinguished School. Disponível em <https://bit.ly/2X2NC5h>, consultado em 13/02/2019.
Ewald, François. (1991), “Insurance and risk”. In: Burchell, G; Gordon, C. E. & Miller, P. (orgs.). The Foucault effect: studies in governmentality. Chicago, The University of Chicago Press.
Farrer, Martin. (27/02/2020), “Coronavirus: Trump says us risk ‘very low’ as Australian pm warns pandemic is ‘upon us’”. The Guardian. Disponível em <https://bit.ly/3eQtP1w>, consultado em 27/04/2020.
Ferraz, Adriana. (29/03/2020), “Bolsonaro diz que é preciso ‘enfrentar vírus como homem e não como moleque’”. Uol. Disponível em <https://bit.ly/3aAu5yx>, consultado em 27/04/2020.
Foresight Alliance, Foresightalliance.com. Disponível em <http://bit.ly/2UrAFzk>, consultado em 05/05/2019.
Foucault, Michel. (1988), História da sexualidade I: a vontade de saber. 13 ed. Rio de Janeiro, Graal.
Foucault, Michel. (1999), Em defesa da sociedade: curso no Collège de France (1975-1976). São Paulo, Martins Fontes.
Foucault, Michel. (2006), “A ‘governamentalidade’”. In: Foucault, Michel. Ditos & escritos: estratégia, poder-saber. vol. 4. Rio de Janeiro, Forense Universitária, pp. 281-305.
Foucault, Michel. (2008a), Nascimento da biopolítica. Curso no Collège de France: 1978-1979. São Paulo, Martins Fontes.
Foucault, Michel. (2008b), Segurança, território, população.Curso no Collège de France: 1977-1978. São Paulo, Martins Fontes.
“Futures Literacy”, Unesco.org, <http://bit.ly/2GpjMQV>, consultado em 12/04/2019.
Giddens, Anthony. (2009), The politics of climate change. Cambridge, Polity Press.
Global News. (21/04/2020), “‘Worst is yet ahead of us’ in coronavirus outbreak, who warns”. Global News. Disponível em <https://bit.ly/2yLFIW4>, consultado em 27/04/2020
Han, Byung-Chul. (2018), Psicopolítica: o neoliberalismo e as novas técnicas de poder. Belo Horizonte, Âyiné.
Hartog, François. (2013), Regimes de historicidade: presentismo e experiências do tempo. Belo Horizonte, Autêntica
Hölscher, Lucian. (2014), El descubrimento del futuro. Trad. Carlos Martín Ramírez. Madri, Siglo XXI.
Koselleck, Reinhart. (2006), Futuro passado: contribuição semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro, puc.
Lazzarato, M. (2017), O governo do homem endividado. São Paulo, n-1.
Martello, Alexandro. (20/02/2019), “Previdência: capitalização vai assegurar aposentadoria de pelo menos um mínimo, diz governo”. g1, Brasília. Disponível em: <https://glo.bo/2Z7pbV1>, consultado em 25/04/2020.
MEC, Ministério da Educação (2017), Com o Novo Ensino Médio, você tem mais liberdade para escolher o que estudar! Propaganda governamental da reforma do Ensino Médio (Lei n. 13.415, promulgada em 16 de fevereiro de 2017). Disponível em <http://bit.ly/2GhvJsQ>, consultado em 11/04/2019.
Miller, Riel. (2018), Transforming the future: anticipation in the 21st Century. Paris, Unesco.
Minois, George. (1989), History of Old Age. Cambridge, Polity Press.
Niemtus, Zofia. (22/01/2019), Jobs of the future: are you ready to join in? The Guardian. Disponível em: <http://bit.ly/2DaOTib>, consultado em 27/04/2020.
Nowotny, H. (1994), Time: the modern and postmodern experience. Cambrigde, Polity Press.
O’Malley, Pat. (1996), “Risk and responsibility”. In: Barry, Andrew; Osborne, Thomas & Rose, Nikolas (eds.). Foucault and political reason. Londres, University of Chicago Press, pp. 189-209.
Onp – Oficina de Normalización Previsional. (2015), Onp – Afíliate a un Sistema de Pensiones, Propaganda do Sistema Nacional de Pensões, Peru. Disponível em <http://bit.ly/2UHmASD>, consultado em 13/02/2019.
Palmer, Annie. (11/01/2019), “The ai that will tell you how your face will age: Olay reveals app that can analyze your skin from a selfie and show you how you’ll look in 20 years”.
Dailymail.com.Disponível em <https://dailym.ai/2USX6By>, consultado em 27/04/2020.
Pessoa, Mirella. (2020), Faces do futuro: imagens da velhice no regime de visibilidade contemporâneo. Brasília, DF, dissertação de mestrado, Universidade de Brasília.
Polak, Fred. ([1955] 1973), The image of the future. Amsterdan, Elsevier.
“Reforma da Previdência: proposta do governo incluirá capitalização, diz Paulo Guedes” (g1, 2018). Disponível em <https://glo.bo/2UcSPo6>, consultado em 5/5/2019.
“Proposta da Nova Previdência é melhor para o Brasil”. Site oficial do governo federal brasileiro. Disponível em: <http://bit.ly/2t21C4K>, consultado em 25/04/2020.
Reid, Julian. (2012), “The disastrous and politically debased subject of resilience”. Development Dialogue, 58: 67-79.
Robertson, Katie. (04/12/2018), “Why the world needs to rethink retirement”. The New York Times. Disponível em <https://nyti.ms/2InlSTX>, consultado em 27/04/2020.
Rohrbeck Heger. Strategic foresight + innovation. (2014), Disponível em: <http://bit.ly/2KKwPS5>, consultado em 5/5/2019.
Rosa, Hermut. (2019), Aceleração: a transformação das estruturas temporais na modernidade. São Paulo, Unesp.
Rose, Nikolas. (1989), Governing the soul: The shaping of the private self. Londres, Routledge.
Sanz, Cláudia Linhares. (2019a), “Biopolíticas do futuro”. Conferência ministrada no seminário internacional Imagem, Tecnologia e Subjetividade, unb. Disponível em <https://bit.ly/3eW4ZgV>, consultado em: 03/04/2020.
Sanz, Cláudia Linhares. (2019b), “Future-se, porque quem o futuro faz é você: relações contemporâneas entre educação e responsabilização do porvir”. In: Dravet, Florence et al. Transdisciplinaridade e educação do futuro. Brasília, Cátedra Unesco de Juventude, Educação e Sociedade/Universidade Católica de Brasília.
Sanz, Cláudia Linhares & Pessoa, Mirella. (2020 no prelo), “Vigiar a velhice, vigiar o futuro: tecnologia, antecipação e governo de condutas”. Contemporânea: comunicação e cultura. Salvador: PósCom-UFBA.
Senado Notícias. (16/02/2017), “Sancionada Lei da Reforma no Ensino Médio”. Senado Notícias. Disponível em: <http://bit.ly/2GguU3E>, consultado em 27/04/2020.
Us National Intelligence Council. (Nov. 2008), Global Trends 2025: A transformed world. (Report Nº 2008-003). Washington, dc, us Government Printing Office. Disponível em <https://bit.ly/3c7AzWl>, consultado em 27/04/2020.
Us National Intelligence Council. ( Jan. 2017), Global Trends: Paradox of progress. (Report n. 2017-001). Washington, dc, us Government Printing Office. Disponível em <https://bit.ly/2YaDbPK>, consultado em 27/04/2020.
Uchôa, Victor. (01/11/2019), “De ‘limpo’ a ‘tem muito óleo’: as duas realidades paralelas na crise do petróleo do Nordeste”. Bbc News Brasil. Disponível em <https://bbc.in/3bA84B6>, consultado em 27/04/2020.
Unesco. Transforming the future: anticipation in the 21st century, vídeo. Disponível em <http://bit.ly/2Gf US7k>, consultado em 05/05/2019.
Urry, John. (2016), What is the future? Cambridge, Polity.
Xq America. (2015), Propaganda de divulgação do XQ Super School Project The future of our schools: an urgency for change. Disponível em <http://bit.ly/2GiHfo4>, consultado em 11/04/2019.
Wallace-Wells, David. (16/02/2019), “Time to panic: the planet is getting warmer in catastrophic ways. And fear may be the only thing that saves us”. The New York Times. Disponível em <https://nyti.ms/2WXfxCy>, consultado em 27/04/2020.
Watson, K. (03/04/2020), “A timeline of what Trump has said on coronavirus”. CBS News. Disponível em <https://cbsn.ws/2VAl9oz>, consultado em 27/04/2020.

Downloads

Publicado

2020-08-05

Como Citar

Sanz, C. L., & Pessoa, M. (2020). Imagens do futuro: Risco e responsabilização na gerência neoliberal do amanhã. Tempo Social, 32(2), 257-277. https://doi.org/10.11606/0103-2070.ts.2020.160462

Edição

Seção

Artigos