Entre cultura e política: a distinção na produção de opinião na mídia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/0103-2070.ts.2022.191788

Palavras-chave:

Opinião política, Gosto, Habitus, Mídia, Intelectuais

Resumo

Este artigo tem como proposta analisar os diferentes mecanismos de produção de opinião política entre um grupo de colunistas, comentaristas e analistas políticos da mídia no Brasil contemporâneo, relacionando tais mecanismos com as posições dos agentes no espaço social. Tomando como base as análises de Pierre Bourdieu em A distinção – crítica social do julgamento, especialmente do capítulo “Cultura e política”, este artigo propõe correlacionar esses mecanismos com um conjunto de práticas e disposições relacionadas ao habitus – incluindo, portanto, expressões de gosto e estilo de vida – bem como com o campo em que esses agentes se inserem. O estudo foi elaborado a partir da análise de 51 indivíduos, com a realização de entrevistas e prosopografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Allana Meirelles Vieira, Universidade de São Paulo

Doutora em Sociologia pela USP e pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, França

Referências

Bertoncelo, Edison. (2016a), “O espaço das classes sociais no Brasil”. Tempo Social, São Paulo, 28 (2): 73-104, setembro.

Bertoncelo, Edison. (2016b), “O uso da Análise de Correspondências Múltiplas nas Ciências Sociais: possibilidades de aplicação e exemplos empíricos”. anpocs, 40. Anais Eletrônicos… Caxambu, Anpocs. Disponível em: https://www.anpocs.com/index.php/papers-40-encontro/st-10/st16-7/10296-o-uso-da-analise-de-correspondencias-multiplas-nas-ciencias-sociais-possibilidades-de-aplicacao-e-exemplos-empiricos/file, consultado em 23/01/2020.

Bourdieu, Pierre. (2015a), A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo, Edusc; Porto Alegre, Zouk.

Bourdieu, Pierre. (2015b), A economia das trocas simbólicas. São Paulo, Perspectiva.

Bourdieu, Pierre. (1998), On television. Nova York, The News Press.

Braga, Ruy. (2016), “Terra em transe: o fim do lulismo e o retorno da luta de classes”. In: Singer, André & Loureiro, Isabel. As contradições do lulismo: a que ponto chegamos? São Paulo, Boitempo.

Cautrès, Bruno et al. (2013), “Retour sur l’hypothèse de ‘l’homologie structurale’: les déplacements des catégories sociales dans l’espace politique français depuis La Distinction”. In: Coulangeon, Philippe et al. Trente ans après La Distinction, de Pierre Bourdieu. Paris, La Découverte “Recherches”, pp. 327-337.

Duval, Julien. (2015), “Analisar um espaço social”. In: Paugam, Serge (org.). A pesquisa sociológica. Tradução de Francisco Morás. Petrópolis, Vozes, pp. 218-237.

Gaxie, Daniel. (2013), “Retour sur les modes de production des opinions politiques”. In: Coulangeon, Philippe et al. Trente ans après La Distinction, de Pierre Bourdieu. Paris, La Découverte “Recherches”, pp. 293-306.

Klüger, Elisa. (2018), “Análise de correspondências múltiplas: fundamentos, elaboração e interpretação”. Bib, 86: 68-97, outubro.

Laurison, Daniel. (2013), “La production des opinions aux États-Unis, trente ans après La Distinction”. In: Coulangeon, Philippe et al. (org.). Trente ans après La Distinction, de Pierre Bourdieu. Paris, La Découverte “Recherches”, pp. 307-326.

Le Roux, Brigitte & Rouanet, Henry. (2010), Multiple correspondence analysis. Londres, Sage.

Meirelles, Allana. (2021), Opiniões à venda: oposições políticas e divisão do trabalho intelectual na mídia. 465 f. São Paulo, tese de doutorado, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Miceli, Sergio. (2001), Intelectuais à brasileira. São Paulo, Companhia das Letras.

Mira, Maria Celeste & Bertoncelo, Edison. (2019), “Apresentação. Para além da distinção? Desafios à abordagem bourdieusiana da formação social do gosto”. Estudos de Sociologia, Araraquara, 24 (46): 19-43, janeiro a junho.

Pinto, Louis. (2009), Le café du commerce des penseurs: à propos de la doxa intellectuelle. Broissieux, Éditions du Croquant.

Ribeiro, Eduardo & Baroncelli, Wilson. (2010), “Fernando Morais: um olhar no jornalismo e o outro na literatura. E os dois na grande reportagem”. Protagonistas da Imprensa Brasileira – Jornalistas&Cia, setembro.

Ridenti, Marcelo. (2018), “Mudanças culturais e simbólicas que abalam o Brasil”. Revista Plural. São Paulo, 25 (1): 45-62, agosto.

Singer, André. (2018), O lulismo em crise: um quebra-cabeça do período Dilma (2011-2016). São Paulo, Companhia das Letras.

Singer, André. (2012), Os sentidos do lulismo: reforma gradual e pacto conservador. São Paulo, Companhia das Letras.

Downloads

Publicado

2022-08-29

Como Citar

Vieira, A. M. (2022). Entre cultura e política: a distinção na produção de opinião na mídia. Tempo Social, 34(2), 137-162. https://doi.org/10.11606/0103-2070.ts.2022.191788

Edição

Seção

Dossiê - Distinção e classe social no mundo contemporâneo