Políticas públicas, políticas sociais e políticas de saúde: algumas questões para reflexão e debate

Autores

  • Maria Helena Oliva Augusto Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Sociologia

DOI:

https://doi.org/10.1590/ts.v1i2.84772

Palavras-chave:

Planejamento estatal, Política pública, Política social, Política de saúde, Direito social

Resumo

Esta comunicação objetiva discutir, em primeiro lugar, as relações, proximidades e diferenças existentes entre as noções de planejamento estatal e de política pública que têm recoberto, no Brasil, o mesmo espaço empírico. Em seguida, acentuando a improcedência de distinções rígidas entre os aspectos !econômicos" e "sociais" da ação governamental, quer sugerir a necessidade de se repensar tal divisão e de se analisar, com maior profundidade, a própria noção - bastante controvertida - de política social. Com base nos planos governamentais desenvolvidos após 1964, busca, então, avaliar as políticas sociais no Brasil, enquanto conjunto central mas ineficaz de atividades de governo. Finalmente, é reservado espaço especial para a discussão da(s) política(s) nacionais de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Helena Oliva Augusto, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Sociologia

Professora e pesquisadora do Departamento de Sociologia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

1989-12-01

Como Citar

Augusto, M. H. O. (1989). Políticas públicas, políticas sociais e políticas de saúde: algumas questões para reflexão e debate. Tempo Social, 1(2), 105-119. https://doi.org/10.1590/ts.v1i2.84772

Edição

Seção

Artigos