[1]
N. Medeiros, “ O objecto dúctil: a emergência de uma sociologia histórica da edição ”, Tempo Soc., vol. 22, nº 2, p. 241-261, dez. 2010.