[1]
C. González e L. D’Urso, Relações laborais na Argentina logo após o kirchnerismo (2003-2015): entre a participação e o retrocesso sindical, Tempo Soc., vol. 30, nº 1, p. 129-155, abr. 2018.