DEIXE-ME TOCÁ-LO MAIS UMA VEZ: O DISCURSO HOMOERÓTICO NO ROMANCE EM NOME DO DESEJO, DE JOÃO SILVÉRIO TREVISAN

  • Samuel Lima da Silva Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Walnice Aparecida Matos Vilalva Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Emerson da Cruz Inácio Universidade de São Paulo - USP
Palavras-chave: Em nome do desejo, Joao Silvério Trevisan, Romance, Homoerotismo

Resumo

Este artigo investiga o romance Em nome do desejo, do escritor paulista João Silvério Trevisan, tendo como pedra de toque, primordialmente, a teoria bakhtiniana sobre o romance polifônico. Concomitantemente, são averiguadas questões concernentes ao homoerotismo literário, que, no romance em questão, articula-se junto à religião, à adolescência e ao abandono.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samuel Lima da Silva, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
Doutorando em Estudos Literários na Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, campus de Tangará da Serra
Walnice Aparecida Matos Vilalva, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Doutora em Teoria e História Literária pela UNICAMP, com Pós-doutorado pela Universidade de São Paulo - USP. É docente adjunta da Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT, campus de Tangará da Serra.

Emerson da Cruz Inácio, Universidade de São Paulo - USP

Doutorado em Letras/UFRJ, Pós-Doutorado/Universidade do Porto, Docente FFLCH/USP, Pesquisador/CNPq.

Publicado
2017-12-21
Como Citar
Silva, S., Vilalva, W., & Inácio, E. (2017). DEIXE-ME TOCÁ-LO MAIS UMA VEZ: O DISCURSO HOMOERÓTICO NO ROMANCE EM NOME DO DESEJO, DE JOÃO SILVÉRIO TREVISAN. Via Atlântica, (32), 391-413. https://doi.org/10.11606/va.v0i32.136653
Seção
Outros Textos