O BRANCO NO BRANCO: A EPIFANIA DE EUGÊNIO DE ANDRADE

Autores

  • Claudio Alexandre Barros Teixeira Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i37.149485

Palavras-chave:

Haiku, montagem, intertextualidade, sincronia, epifania

Resumo

Eugênio de Andrade, em livros como Ostinato rigore (1964), Obscuro domínio (1971), Matéria solar (1980) e Pequeno formato (1997), realizou um diálogo criativo com a poesia japonesa, incorporando em suas composições líricas elementos característicos do haiku como a brevidade, a concisão, a visualidade, o humor, o paradoxo, a presença de imagens da natureza, o princípio de montagem do ideograma e a busca da experiência epifânica, obtendo uma notável síntese de referências ocidentais e orientais, relidas pela ótica de sua subjetividade e mitologia pessoal.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudio Alexandre Barros Teixeira, Universidade de São Paulo

Doutorando em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Curador de Literatura e Poesia no Centro Cultural São Paulo. Colunista da revista CULT e editor da revista Zunái.

Referências

ANDRADE, Eugênio de. Antologia breve. Lisboa: Moraes Editores, 1980.

ANDRADE, Eugênio de. Poesia. Lisboa: Fundação Eugênio de Andrade, 2000.

BASHÔ, Mstsuo. Trilha estreita ao confim. Trad.: Alberto Marsicano. São Paulo: Iluminuras, 1997.

CAMPOS, Haroldo de. A operação do texto. São Paulo: Perspectiva, 1976.

FRANCHETTI, Paulo; DOI, Elza Taeko; DANTAS, Luiz. Haikai. Antologia e história. Campinas: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1990. 4ª. edição: Campinas: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 2012.

LEMINSKI, Paulo. Bashô. A lágrima do peixe. São Paulo: Brasiliense, 1983.

RIMBAUD, Artur. Uma temporada no inferno & Iluminações. Tradução: Ledo Ivo. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1982.

RIMBAUD, Artur . Poésies / Une saison en enfer / Illuminations. Paris: Gallimard, 1984.

SARAIVA, Arnaldo. Introdução à poesia de Eugênio de Andrade. Lisboa: Fundação Eugênio de Andrade, 1995.

SUZUKI, D. Teitaro. A doutrina zen da não-mente. São Paulo: Pensamento, 1989.

Downloads

Publicado

2020-12-21 — Atualizado em 2020-12-22

Como Citar

Barros Teixeira, C. A. (2020). O BRANCO NO BRANCO: A EPIFANIA DE EUGÊNIO DE ANDRADE. Via Atlântica, (37), 375-399. https://doi.org/10.11606/va.v0i37.149485