O MÉTODO CRÍTICO DE ANTONIO CANDIDO E A ANÁLISE DA FORMA POÉTICA

  • Alex Alves Fogal Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Antonio Candido, método crítico, forma poética

Resumo

O objetivo desse artigo é refletir sobre método crítico de Antonio Candido especificamente no que diz respeito aos textos poéticos. Para isso, serão analisados dois textos pouco estudados do autor: Na sala de Aula e O estudo analítico do poema. O foco é tentar demonstrar que esses dois livros, apesar de curtos, demonstram a mesma força crítica que Antonio Candido apresenta em suas obras mais conhecidas. Neles, o crítico ressalta a importância do apego à matéria textual na análise dos poemas, apresentando um modelo de análise que deve sempre ter o concreto como ponto de partida. Junto a isso, coloca em evidência uma noção de forma poética fundamentada por uma reflexão dialética, oposta à ideia de que poesia é somente um jogo de linguagem ou um malabarismo técnico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alex Alves Fogal, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutor em literatura brasileira pelo programa de pós-graduação em estudos literários da UFMG. Professor efetivo de literatura brasileira no CEFET-MG.

Publicado
2019-07-10
Como Citar
Fogal, A. (2019). O MÉTODO CRÍTICO DE ANTONIO CANDIDO E A ANÁLISE DA FORMA POÉTICA. Via Atlântica, (35), 13-25. https://doi.org/10.11606/va.v0i35.154614