O GOLPE DE 1964 NO BRASIL PELAS PÁGINAS DO DIÁRIO DE LISBOA

Autores

  • Thiago Fidelis Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i37.170138

Palavras-chave:

Golpe de 64, Diário de Lisboa, João Goulart, Carlos Lacerda

Resumo

O presente artigo tem como principal proposta discutir como a série de acontecimentos, culminando com a deposição de João Goulart da presidência do Brasil e a ascensão de Humberto de Alencar Castelo Branco como novo presidente, foram retratados no jornal Diário de Lisboa, uma das principais publicações portuguesas no período. Nessa perspectiva, a ideia é analisar como, a partir das notícias, textos e formas como esses foram relatados, Brasil era visto e retratado por essa publicação, levando em conta a difícil relação política entre os países, uma vez que a política externa brasileira era contrária às ações ultramarinas lusitanas, bem como ao modelo de governo, uma vez que o país ibérico era governado por Antonio Salazar, sob a égide do Estado Novo, desde o início dos anos 1930.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Fidelis, Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG

Graduado em História pela UNESP e em Ciências Sociais pela UMESP.

Mestre em História e Doutor em Ciências Sociais pela UNESP.

Docente da Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG, campus Passos.

Referências

BENEVIDES, Maria V. O Governo Kubitschek: desenvolvimento econômico e estabilidade política, 1956-1961. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.
CERVO, Amado Luiz. As relações entre Portugal e o Brasil: o peso da História. Meridiano 47, vol. 1, nº 2, 2000.
CHAIA, Vera L. A liderança política de Jânio Quadros (1947 – 1990). Ibitinga: Humanidades, 1992.
DREIFUSS. R. 1964: A conquista do Estado: ação, política, poder e golpe de classe. 3º ed. Petrópolis: Vozes, 1981.
FERREIRA, Jorge. João Goulart: uma biografia. 3º ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.
FICO, Carlos. O Grande Irmão: da Operação Brother Sam aos anos de chumbo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.
FIDELIS, Thiago; PAULO, Heloísa. A bordo do Santa Maria: a luta anticolonialista e a oposição portuguesa pelas páginas de Ultima Hora (1961). Revista Historia das Ideias, Vol. 38. 2º Série (2020), p. 95-117.
FIDELIS, Thiago. O pensamento social e político de Júlio de Mesquita Filho nas páginas de O Estado de S. Paulo. In: COSTA FILHO, Cícero João (org). Visões autoritárias: reflexões sobre o pensamento conservador no Brasil no século XX. São Paulo: Todas as Musas, 2019.
FIDELIS, Thiago. PRETO NO BRANCO: as crises políticas institucionais pelas páginas de O Estado de S. Paulo e Ultima Hora (1954/1956). Tese (doutorado) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, 2018.
LEMOS, M. M. Jornais Diários Portugueses do Século XX. Um dicionário. Coimbra: Ariadne Editora e CEIS20, 2006.
LIGIERO, Luiz Fernando. A autonomia na política externa brasileira: a política externa independente e o pragmatismo responsável: momentos diferentes, políticas semelhantes?. Brasília: Fundação Alexandre Gusmão, 2011.
MONIZ BANDEIRA, Luiz Alberto. Presença dos Estados Unidos no Brasil: dois séculos de história. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1973.
MINGA, Ester Amaral de Paula. As relações entre Portugal e Brasil durante a invasão aos enclaves de Dadrá e Nagar-Aveli nas páginas do Diário da Manhã, Diário de Lisboa e Novidades. Estudos em Comunicação, nº 25, vol. 1, dezembro, 2017.
NAPOLITANO, Marcos. 1964: História do Regime Militar Brasileiro. São Paulo: Contexto, 2014.
PAULO, Heloísa. “1961: o Assalto do Santa Maria e o Desmoronar do Regime Salazarista em Portugal”, História Revista, 16(1), 53-80.
RAMPINELLI, Waldir José (2009). “A política internacional de JK e suas relações perigosas com o Colonialismo português”, Esboços: histórias em contextos globais, v. 15, n. 20, 275-289.
SARAIVA, José Flávio Sombra. África parceira do Brasil atlântico: relações internacionais do Brasil e da África no início do século XXI. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.
SINTONI, Evaldo. Em busca do inimigo perdido: construção da democracia e imaginário militar no Brasil (1930-1964). Araraquara: FCL/Laboratório Editorial/UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, 1999 (Coleção Ciências Sociais).
TENGARRINHA, José. História da Imprensa Periódica Portuguesa. 2ª edição revisada e ampliada. Lisboa: Caminho, 1989.
TORGAL, Luís Reis. Estados novos, estado novo: ensaios de história política e cultural. 2 vol. 2º ed. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2009.
VISENTINI, Paulo Fagundes. A relação Brasil-África: prestígio, cooperação ou negócios. Rio de Janeiro, Alta Books, 2

Downloads

Publicado

2020-12-21

Como Citar

Fidelis, T. (2020). O GOLPE DE 1964 NO BRASIL PELAS PÁGINAS DO DIÁRIO DE LISBOA. Via Atlântica, (37), 312-343. https://doi.org/10.11606/va.v0i37.170138

Edição

Seção

Dossiê 37: Imprensa Brasileira e Portuguesa