A “femínea voz”: ethos e moral em Hespaña Libertada de Bernarda Ferreira de Lacerda

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.i39.180573

Palavras-chave:

Epopeia, Ethos, Autoria feminina

Resumo

Bernarda Ferreira de Lacerda foi uma escritora portuguesa, autora de Hespaña Libertada publicada em 1618. A sua obra tem sido pouco estudada, ainda que (ou por que) se trate de um trabalho de mulher num universo literário dominado por homens: poucos são os estudos a ela consagrados e menos ainda os que têm em consideração esta obra épica. Neste artigo estudaremos a construção de um ethos autoral identificado com o sexo feminino e a sua relação com apreciações acerca de comportamentos femininos de cariz moralizante. A autora reformula um género textual androcêntrico para destacar o seu próprio género sexual e as personagens secundarizadas pela historiografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Isabel. “Poesia, furor e melancolia: notas sobre Ariosto e Camões”. In SÁ, M., ALMEIDA, I. e SOBRAL, C. (org.). José Vitorino de Pina Martins e o Humanismo. Lisboa: Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa, 2008, p. 93-108.

ALVES, Hélio J. S. Camões, Corte-Real e o Sistema da Epopeia Quinhentista. Coimbra: Centro Interuniversitário de Estudos Camonianos, 2001.

ALVES, Hélio J. S. Vasco Mouzinho e a invenção do sujeito moderno. In ALVES, Hélio. Tempo para Entender: História Comparada da Literatura Portuguesa. Lisboa: Caleidoscópio, 2006, p. 133-158.

ALVES, Hélio J. S.. Camões e o lirismo confessional na epopeia quinhentista. Românica, Revista de Literatura. Departamento de Literaturas Românicas, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa: Edições Colibri, nº16, p. 59-73, 2007.

ANASTÁCIO, Vanda (org.). Uma Antologia Improvável – A Escrita das Mulheres (Séculos XVI a XVIII). Lisboa: Relógio d’Água, 2013.

ANASTÁCIO, Vanda (org.). Bernarda Ferreira de Lacerda. In Escritoras em Português. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian e Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Disponível em http://www.escritoras-em-portugues.eu/1402845028-Cent.-XVI/2015-0718-Bernarda-Ferreira-de-Lacerda. Acessado em 26 mar. 2021.

BARANDA, Nieves. Mujer, escritura y fama: la Hespaña Libertada (1618) de Doña Bernarda Ferreira de Lacerda. Península, Revista de Estudos Ibéricos, n. 0, p. 225-239, 2003. Disponível em http://www.cervantesvirtual.com/obra/mujer-escritura-y-fama-la-hespana-libertada-1618-de-dona-bernarda-ferreira-de-lacerda/. Acessado em 26 mar. 2021.

BARANDA, Nieves. Escritoras sin fronteras entre Portugal y España en el Siglo de Oro (com unas notas sobre dos poemas femininos del siglo XVI). Península, Revista de Estudos Ibéricos, nº2, p. 219-236, 2005. Disponível em http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/2965.pdf. Acessado em 26 mar. 2021.

BARROS, Thereza Leitão de. Capítulo V – Perfis de Vitral. In BARROS, Thereza Leitão de. Escritoras de Portugal – Génio feminino revelado na Literatura Portuguesa, Vol. I. Lisboa: T. L. Barros, 1924, p. 169-183.

BRUNO, Sampaio. Portuenses Ilustres. Tomo I. Porto: Livraria Magalhães e Moniz Editora, 1907, p. 277-283.

CAMÕES, Luís de. Os Lusíadas. Porto: Porto Editora, 2006.

CORTE REAL, Jerónimo. Sucesso do Segundo Cerco de Diu: estando Dom João de Mascarenhas por Capitão da Fortaleza. Ano de 1546. Lisboa: António Gonçalves Impressor, 1574.

COUTO, Anabela Galhardo. A produção literária femininas no mundo barroco de Vieira. In MONTEIRO, M.; PIMENTEL, M. (orgs.). Padre António Vieira: O Tempo e os seus Hemisférios. Lisboa: Edições Colibri, 2008, p. 157-167.

HERAS, Natalia González. Ferreira de Lacerda, Bernarda (2011): Hespaña Libertada, 2 vols., edición de Yolanda Beteta Madrid, Madrid, Almudayna. Investigaciones Feministas, v. 2, p. 390-391, 2011. Disponível em: https://revistas.ucm.es/index.php/INFE/article/view/38756/37472. Acessado em 26 mar. 2021.

LACERDA, Bernarda Ferreira de. Hespaña Libertada, Parte Primeira. Lisboa: Pedro Crasbeck, 1618.

MATOS, Maria Vitalina Leal de. Que farei com este poema? Como evolui o projecto da epopeia ao longo d’Os Lusíadas. In MATOS, Maria Vitalina Leal (org.). Épica. Épicas. Épica Camoniana. Constância. Lisboa: Edições Cosmos, 1997.

SILVA, Fabio Mario da; VILELA, Ana Luísa. Duas escritoras ibéricas do século XVII: Bernarda Ferreira de Lacerda e Mariana de Luna. Labirintos, Revista Eletrónica do Núcleo de Estudos Portugueses da Universidade Estadual de Feira de Santana, nº 7, 2010. Disponível em: https://dspace.uevora.pt/rdpc/handle/10174/8643. Acessado em 26 mar. 2021.

SILVA, Fabio Mario da. O épico escrito por mulheres na Península Ibérica: Bernarda Ferreira de Lacerda (1595-1644) e Soror Maria de Mesquita Pimentel (1581-1661). Revista Épicas, Ano 1, nº1, Junho, p.1-11, 2017.

SILVA, Vítor Aguiar e (coord.). Dicionário de Luís de Camões. Lisboa: Caminho, 2011.

Downloads

Publicado

2021-09-20

Como Citar

Ganhão, M. (2021). A “femínea voz”: ethos e moral em Hespaña Libertada de Bernarda Ferreira de Lacerda. Via Atlântica, (39), 214-238. https://doi.org/10.11606/va.i39.180573

Edição

Seção

Dossiê 39: Literatura, feminismos e história: imbricações possíveis