“Noite de almirante” de Machado de Assis: um povo de subúrbio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.i41.189859

Palavras-chave:

Machado de Assis, Noite de almirante, nação, povo, subúrbio

Resumo

"Noite de almirante", de Machado de Assis, foi publicado em 1884 na Gazeta de Notícias do Rio de Janeiro e em Histórias sem Data no mesmo ano. No conto, um triângulo amoroso é vivido por um povo de subúrbio como Genoveva, Deolindo e José Diogo. Deolindo, ao saber que foi traído, ele que fez juras de amor, passou a fazer promessas de morte. O caráter frívolo da moça, a farsa da noite de almirante e a vida imprevisível do mascate mundo afora formam um turbilhão que colide com os ideários dos discursos inaugurais de  uma nação recém-independente com pretensões de unidade, civilização e ordem. A discussão é tratada segundo Schwarz (2000), DaMatta (1997), Candido (1970) e Schwarcz (2000).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eufrida Pereira da Silva, Instituto Federal de São Paulo

Ph.D em Luso-Afro-Brazilian Studies and Theory

Titulação obtida pela: University of Massachusetts Dartmouth 

Referências

ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas: reflexões sobre a origem e a difusão do nacionalismo. Trad. Denise Bottman. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

BARROS, Amândio Jorge Morais. Vida de marinheiro. Aspectos do quotidiano das gentes do mar nos séculos XV e XVI. Revistas da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. 2004. Disponível em: < https://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4966.pdf>. Acesso em: 05 jun 2021.

BHABHA, Homi. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

CANDIDO, Antonio. Dialética da malandragem. (Caracterização das memórias de um sargento de milícias). In: Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, nº 8, São Paulo: Universidade de São Paulo, 1970.

CANDIDO, Antonio. Direitos humanos e literatura. In: Direitos humanos e literatura. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1989. CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira. v. 2. São Paulo: Martins, 1959.

CASTRO ROCHA, João Cezar. Machado de Assis: Por uma poética da emulação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.

DAMATTA, Roberto. Carnavais, malandros e heróis. Para uma sociologia do dilema brasileiro. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

DEL PRIORE, Mary. A família no Brasil colonial. São Paulo: Ed. Moderna, 1999.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. Eça de Queirós: o primo Basílio. In: Machado de Assis: Obra Completa. Vol. III. Rio de Janeiro: Nova Aguilar S.A, 1994. Disponível em: <http://machado.mec.gov.br>. Acesso em: 30 jul. 2021.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. Dom Casmurro. São Paulo: Sol, 2006.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. Mariana. In: Machado de Assis: Obra Completa. Vol. II. (Org. Afrânio Coutinho). Rio de Janeiro: Nova Aguilar S.A, 1994, pp. 771- 783.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. Noite de Almirante. In: Machado de Assis: Obra Completa. Vol. II. (Org. Afrânio Coutinho). Rio de Janeiro: Nova Aguilar S.A, 2006. 446 - 451.

PEREIRA, Marcelo de Souza: Noite de Almirante: dia de anedota. Disponível em: <http://www.filologia.org.br>. Acesso em: 02 ago. 2021.

PINTO, Estêvão. Técnicas construtivas do período colonial - III. In: Maxarabis e balcões. Arquitetura Civil II. Textos Escolhidos Revista do IPHAN. São Paulo: FAUUSP e MEC-IPHAN, 1975. Disponível em: < https://coisasdaarquitetura.wordpress.com/2010/09/06/tecnicas-construtivas-do-periodo-colonial-iii/>. Acesso em: 23 jul 2018.

QUEM somos nós? Memórias póstumas de Brás Cubas por Alcides Villaça. [S.l.: s.n.], 2018. 1 vídeo (1:06:34). Publicado pelo canal youtube. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=cgAipCt8teE>. Acesso em: 20 ago. 2021.

ROUANET, Sergio Paulo. Tempo e espaço na forma shandiana: Sterne e Machado de Assis. Estudos Avançados, v. 18, n. 51, p. 335-354, 2004. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/ea/a/NtM48XQxMKR4NdppKJgy94R/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 05 jun. 2018.

SCHWARZ, Roberto. Martinha versus Lucrécia. Ensaios e Entrevistas. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

SCHAWRZ, Roberto. Um mestre na periferia do capitalismo. Machado de Assis. São Paulo: Ed. 34, 2000.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. O espetáculo das raças. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

Downloads

Publicado

2022-07-28

Como Citar

Silva, E. P. da. (2022). “Noite de almirante” de Machado de Assis: um povo de subúrbio. Via Atlântica, 23(1), 230-252. https://doi.org/10.11606/va.i41.189859

Edição

Seção

Dossiê 41: Margens do Atlântico em Português