HISTÓRIA, ENSAIO, INTERVALO OS LUGARES DA CRÍTICA E DA LITERATURA EM JOÃO ALEXANDRE BARBOSA

Autores

  • Eduardo Sterzi Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i9.50043

Palavras-chave:

crítica literária, história literária, literatura no Brasil

Resumo

EM ENTREVISTA CONCEDIDA SEIS ANOS ANTES DE SUA MORTE, OCORRIDA EM 2006, O CRÍTICO LITERÁRIO JOÃO ALEXANDRE BARBOSA EXPLICITARIA AO AUTOR O DESEJO DE ESCREVER UM “ENSAIO DE HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA”, QUE PERMANECEU COMO PROJETO. NESTE ARTIGO, O AUTOR PROCURA CONFERIR LEGIBILIDADE À OBRA “NÃO-LEGÍVEL”, PORQUE NÃO EFETIVAMENTE ESCRITA, DO CRÍTICO BRASILEIRO, BUSCANDO VÊ-LA COMO UMA ESPÉCIE DE “MOTOR SECRETO” DE SEU PERCURSO CRÍTICO.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-06-17

Como Citar

Sterzi, E. (2006). HISTÓRIA, ENSAIO, INTERVALO OS LUGARES DA CRÍTICA E DA LITERATURA EM JOÃO ALEXANDRE BARBOSA. Via Atlântica, 7(1), 99-112. https://doi.org/10.11606/va.v0i9.50043

Edição

Seção

Dossiê 09: Literatura Comparada no Brasil: pessoas, personas, personagens